Pesquisar este blog

Área Militar

Curta a Fan Page: Martins Concursos

Siga no Twitter

WhatsApp

http://whats.link/apostias

sábado, 12 de janeiro de 2013

Dúvida: É errado dizer "fulano suicidou-se"?






Transformando Sonhos em Realidade
(31) 8765-8810 - Facebook: Apostilas Martins

*** Não é. Gosto muito da explicação do professor Sérgio Nogueira:

“Muita gente considera o verbo suicidar-se uma redundância. O argumento basicamente é o seguinte: o verbo “suicidar” vem do latim “sui” (”a si” = pronome reflexivo) + “cida” (=que mata). Isso significa que “suicidar” já é “matar a si mesmo”. 
Dispensaria, dessa forma, a repetição causada pelo uso do pronome reflexivo “se”. O raciocínio é o seguinte: se o formicida mata formigas, se o inseticida mata insetos e se o homicida mata homens, o suicida só pode matar a si mesmo. 
Por outro lado, se observarmos o uso contemporâneo do verbo “suicidar-se”, não restará dúvida: ninguém diz “ele suicida” ou “eles suicidaram”. O uso do pronome reflexivo “se” junto ao verbo está consagrado. 
É um caminho sem volta. É um pleonasmo irreversível. O VERBO “SUICIDAR-SE” HOJE É TÃO PRONOMINAL QUANTO OS VERBOS “ARREPENDER-SE”, “ESFORÇAR-SE”, “DIGNAR-SE. Da mesma forma que “ela se esforça” e “eles se arrependeram”, “ela se suicida” e “eles se suicidaram”.

Enfim, não há maiores problemas em dizer “suicidar-se”, uma vez que a expressão já está consagrada pelo uso.

Nenhum comentário:

Postar um comentário