Pesquisar este blog

Área Militar

Curta a Fan Page: Martins Concursos

Siga no Twitter

WhatsApp

http://whats.link/apostias

terça-feira, 30 de abril de 2013

Concurso PMSC Soldado Santa Catarina



Curso de Formação de Soldados Santa Catarina


Clique abaixo e Adquira sua Apostila


- Remuneração:  R$ 2.907,31.
 


  Polícia Militar do Estado de Santa Catarina (PM SC )
  Banca Examinadora  IOBV
  Total de Vagas  1000 vagas imediatas
  Remuneração   de R$ 2.385,86 a R$ 2.907,31
  Datas de Inscrição  de 22/04/2013 a 21/05/2013
  Data da Prova  02/06/2013
  Escolaridade  Superior

  Transformando Sonhos em Realidade



Cruzeiro: Dedé volta a treinar na Toca



Após liminar, Dedé volta a treinar na Toca,
mas não enfrenta o Resende

Apesar do documento obtido na segunda, zagueiro não tem nome publicado no Boletim Informativo Diário da CBF
A grande novidade no treinamento desta terça-feira, na Toca da Raposa II, foi a presença do zagueiro Dedé, último reforço contratado pela equipe. O jogador já havia participado do treino de sábado, após a apresentação oficial no clube mineiro. Depois, por conta de um imbróglio na justiça, que envolveu o Vasco e a Fazenda Nacional, o defensor só reapareceu nesta manhã, quando se juntou aos novos companheiros.

A transferência do zagueiro para o clube celeste estava bloqueada na Federação de Futebol do Rio de Janeiro (Ferj). Tudo por causa de uma dívida do Vasco com a Fazenda Nacional, que impetrou um mandado de segurança, que proibia o repasse de direitos federativos de qualquer jogador enquanto o clube carioca não quitasse ao menos parte dos valores devidos.

Dedé, assim, sentiu-se obrigado a acionar a Justiça do Trabalho para ter garantido o direito de atuar pelo Cruzeiro. Com uma liminar, o jogador, agora, aguarda que a Ferj dê prosseguimento à transferência para a Raposa. Os dirigentes celestes já informaram que toda a documentação já foi encaminhada e apenas aguarda a liberação.

Como ainda não foi inscrito no Boletim Informativo Diário (BID) da CBF, o jogador não tem condições de estrear nesta quarta-feira, diante do Resende, às 21h50m (de Brasília), em Volta Redonda, pela segunda rodada da Copa do Brasil. No Campeonato Mineiro, Dedé também não pode mais ser inscrito, já que o prazo limite expirou.

Time pronto.
O Cruzeiro está praticamente confirmado para o duelo contra o Resende, nesta quarta-feira, às 22h (de Brasília), em Volta Redonda. Com o lateral-direito Ceará vetado, por conta de uma pancada na bacia, a Raposa entrará em campo com quase a mesma formação da equipe que goleou o Villa Nova, no último domingo, com apenas uma mudança: o atacante Borges voltará ao time, no lugar de Anselmo Ramon.

O jovem Mayke mostrou desenvoltura e personalidade no Castor Cifuentes e ficará com a vaga na lateral direita. O volante Nilton, que, após a partida contra o Villa Nova, iniciou tratamento no pé esquerdo, por conta da uma pancada, treinou normalmente e está confirmado.

Portanto, a equipe que tentará eliminar o jogo de volta da segunda fase da Copa do Brasil será formada por Fábio; Mayke, Bruno Rodrigo, Léo e Everton; Leandro Guerreiro, Nilton, Éverton Ribeiro e Diego Souza; Borges e Dagoberto. Caso o Cruzeiro vença por dois gols de diferença, o Resende estará eliminado da competição.


  Transformando Sonhos em Realidade

PEC 37 "Mais uma Capitulo da luta dos Ministerio Publico x Legislativo"



Câmara cria grupo para alterar PEC
 que retira poder do Ministério Público

Atual proposta impede investigação; texto pode definir procedimentos.
Segundo Henrique Alves, proposta será votada em junho na Câmara.

O presidente da Câmara, Henrique Eduardo Alves (PMDB-RN), anunciou nesta terça-feira (30) a criação de um grupo de trabalho para elaborar um texto alternativo à PEC 37, que retira o poderes do Ministério Público. Henrique Alves se reuniu na residência oficial da presidência da Casa com o ministro da Justiça, Eduardo Cardozo, e representantes da Polícia Federal e do Ministério Público.

Aprovada em comissão especial da Câmara em novembro, a PEC 37 prevê competência exclusiva da polícia nas investigações criminais. Defendida por policiais e criticada por procuradores, a proposta diz que o Ministério Público não poderá mais executar diligências e investigações, apenas solicitar ações no curso do inquérito policial e supervisionar a atuação da polícia.

"Queremos o seu aperfeiçoamento, nós queremos que este tema não tenha vencedores nem vencidos. O Brasil quer cada vez mais o combate à impunidade, à corrupção, que prevaleça a ética em todos os comportamentos, em todos os seus processos. Então, isso não pode ensejar nenhum tipo de radicalização, muito menos emocionalismo", afirmou Henrique Alves.

O grupo de trabalho criado pela Câmara será formado por quatro representantes do Ministério Público, quatro da polícia, um do Ministério da Justiça, dois senadores e dois deputados. Até o final de maio, o colegiado deverá apresentar uma proposta de consenso que estabeleça a repartição das competências na investigação criminal entre polícias e Ministério Público.

Deverá ainda detalhar no texto os procedimentos de investigação nas áreas criminal e civil e definir o papel dos procuradores em relação às polícias. De acordo com Henrique Alves, o objetivo é votar a proposta final em junho. A primeira reunião do grupo de trabalho será na próxima terça (7), às 14h, no Ministério da Justiça.

O ministro da Justiça, Eduardo Cardozo, afirmou que é preciso acabar com as "disputas corporativistas", e fazer com que polícias e Ministério Público atuem juntos.

"Tem muita disputa corporativa e a disputa corporativa não é boa para ninguém. Não é boa para o Ministério Público, não é boa para a polícia, não é para a sociedade. Nós temos que encontrar o equilíbrio, o regramento que é bom para a sociedade, que facilite a investigação criminal e, ao mesmo tempo, permita que promotores, delegados de polícia, policias estejam juntos", disse o ministro.


  Transformando Sonhos em Realidade


segunda-feira, 29 de abril de 2013

Parabéns aos novos "CRUZ BALAS" da Gloriosa PMMG. CTSP 2004

Parabéns CTSP 2004 agora CFC 2013



Cabo Militar.
Cabo é um posto existente em várias forças armadas e forças de segurança, normalmente correspondendo à primeira ou segunda graduação que pode ser obtida por um soldado.

O termo "cabo" vem do Latim "caput" (cabeça), usado com o significado genérico de "chefe". Em outros países, o mesmo termo latino, com o sentido de chefe, evoluiu para "caporal". Nesses países, por exemplo, os termos "corporal" (Inglês), "caporal" (Francês) ou "caporale (Italiano), são usados para designar a graduação correspondente a "cabo".

A designação "cabo" também é usada como título de uma função de chefia em algumas organizações civis.



Caros companheiros,


Nesta oportunidade, divulgamos o ato de promoção à graduação de Cabo PM, por tempo de serviço, dos Soldados que foram incluídos na PMMG do dia 01 a 30 de abril de 2004, conforme conquista alcançada nos termos da Lei Complementar n. 125/12. 


Estão sendo promovidos 1272 Soldados. Os efeitos da promoção retroagem às respectivas datas informadas no ato e este será publicado no próximo BGPM. 

Felicitamos a todos pela merecida vitória, desejando votos de sucesso na nova graduação. 

Um fraternal abraço, 

Márcio Martins Sant'Ana, Cel PM 
Comandante-Geral

  Transformando Sonhos em Realidade

Concurso Policia Militar-SP - Curso de Formação de Oficiais - CFO PMSP 2013

PM de São Paulo oferece 220 cargos de aluno-oficial no bacharelado em Ciências Policiais de Segurança e Ordem Pública (Curso de Formação de Oficiais) para homens e mulheres.

Candidatos precisam possuir nível médio completo e idade máxima de 26 anos, exceto se for integrante da Polícia Militar paulista.

Prova escrita será realizada em 14 de julho, nas cidades de Araçatuba, Bauru, Campinas, Piracicaba, Predidente Prudente, Ribeirão Preto, Santos, São José do Rio Preto, São José dos Campos, São Paulo e Sorocaba.
  Transformando Sonhos em Realidade

Concurso MTE - Ministério do Trabalho e do Emprego: 234 vagas de Auditor Fiscal



Adquira sua Apostila e saia na frente:

CONCURSO PÚBLICO - EDITAL Nº. 1, DE 28 DE JUNHO DE 2013
Com a execução técnico-administrativa do Centro de Seleção e de Promoção de Eventos da Universidade de Brasília (Cespe/UnB), foi lançado nesta segunda-feira, 1º de julho, o edital de abertura do concurso público 001/2013 do Ministério do Trabalho e Emprego (MTE), no qual serão ofertadas 100 vagas para Auditor-Fiscal do Trabalho, padrão I, classe A, sendo cinco para pessoas com deficiência.

As oportunidades serão para profissionais com idade mínima de 18 anos, com aptidão física e mental para o exercício das atribuições do cargo e que possuam curso de graduação de nível superior em qualquer área de formação.

Não poderá concorrer ao cargo candidato que tenha sido demitido do serviço público e que tenha praticado qualquer ato desabonador de sua conduta.

O salário inicial previsto é de R$ 14.280,00 e a jornada correspondente, de 40h semanais em regime de dedicação exclusiva. A informação é de que o profissional admitido assinará termo de compromisso para permanecer por, no mínimo, três anos no local para o qual for nomeado.
Constam como atividades da função, o cumprimento de disposições legais e regulamentares, inclusive as relacionadas à segurança e à medicina do trabalho, no âmbito das relações de trabalho e de emprego; a verificação dos registros em Carteira de Trabalho e Previdência Social (CTPS), visando-se à redução dos índices de informalidade; à verificação do recolhimento do Fundo de Garantia do Tempo de Serviço (FGTS), entre outras.

A distribuição das vagas entre as unidades administrativas do MTE será divulgada em ato do Ministério, após homologação do resultado final do concurso, mediante o levantamento das unidades prioritárias, podendo recair sobre as Gerências Regionais do Trabalho e Emprego (GRTE) ou Sede das Superintendências Regionais do Trabalho e Emprego.
Para concorrer bastará atender aos requisitos citados, estar ciente das normas do certame e realizar inscrição de 8 a 29 de julho pelo endereço eletrônico www.cespe.unb.br, com início às 10h do primeiro dia e término às 23h59 do último.

A taxa de participação será de R$ 130,00 e apenas poderá solicitar isenção do pagamento, candidato que estiver inscrito no Cadastro Único para Programas Sociais do Governo Federal (CadÚnico), de que trata o Decreto nº. 6.135/2007; e que for membro de família de baixa renda, nos termos do Decreto nº. 6.135/2007. A solicitação deve ser feita no mesmo período das inscrições, pelo mesmo site.

Conforme cronograma do concurso, todos os participantes serão avaliados por meio de duas provas objetivas, duas discursivas e sindicância de vida pregressa, sendo que a última etapa ficará a cargo tanto do Cespe/UnB quanto do MTE e as quatro primeiras, apenas sob responsabilidade do Cespe/UnB.
Etapas de avaliação
  • Provas Objetivas - P1 - composta por 100 questões de conhecimentos básicos com e P2 - composta por 120 questões de conhecimentos específicos;
  • Provas Discursivas - P3 - composta por três questões e uma dissertação sobre Direitos Humanos e/ou Economia do Trabalho e/ou Direito Constitucional e/ou Direito Administrativo e P4 - com três questões (situação-problema) e um parecer técnico sobre Gestão de Projetos e/ou Direito do Trabalho e/ou Segurança e Saúde no Trabalho;
  • Sindicância de Vida Pregressa, de caráter apenas eliminatório.
As avaliações objetivas acontecerão no dia 8 de setembro nos períodos da manhã e tarde, respectivamente, com duração de três horas e meia e serão de caráter eliminatório e classificatório. Os locais dessas provas serão divulgados na página eletrônica do certame.
Já as avaliações discursivas ocorrerão em 6 de outubro, nos turnos da manhã e tarde, respectivamente, com duração de quatro horas. Também serão de caráter eliminatório e classificatório.

Fica esclarecido, ainda, que as avaliações serão realizadas nas capitais das 26 Unidades da Federação e no Distrito Federal e os candidatos deverão comparecer aos locais de provas com antecedência mínima de uma hora, munidos de caneta esferográfica de tinta preta, em material transparente, comprovante de inscrição ou comprovante de pagamento da taxa, assim como do documento de identidade original.
Fonte: www.in.gov.br.
  Transformando Sonhos em Realidade

Ex-Cruzeirence, Guilherme: vai deixar o Galo!

Empresário do meia-atacante já busca outro destino, e Alexandre Kalil afirma que nenhum jogador fica no clube se não quiser.

Pouco aproveitado pelo técnico Cuca, o meia-atacante Guilherme quer deixar o Atlético. A informação é do empresário do jogador, Sérgio Suarez. Ele revelou que  pretende buscar um outro destino para o atleta e aponta a pouca utilização de Guilherme no Galo como principal motivo para a saída do jogador.

"O Guilherme é um atacante de origem, que sempre jogou bem próximo à área e, consequentemente, ao gol. Infelizmente, no Atlético ele vem sendo pouco utilizado no geral e principalmente na sua função. Ele já jogou de meia, atuou bastante na beirada do campo, inclusive com a missão de marcar os laterais adversários, o que foge completamente das características e prejudicou o seu futebol", disse Suarez pela assessoria de imprensa do atleta.

"Além disso, quase nunca jogou efetivamente onde ele se consagrou no Cruzeiro e no CSKA. O Guilherme está no auge de sua forma física e, apesar do esforço e do comprometimento dele com os companheiros e com o clube, entendo que uma transferência é a única saída", completou.

O presidente do Atlético, Alexandre Kalil, disse a reportagem do SuperFC, que não irá se opor ao desejo do meia-atacante.

"O Atlético acata a posição dele [Guilherme], suspende o contrato e fica aguardando proposta", disse Kalil. "Ninguém joga no Atlético se não quiser", completou o dirigente.
Entretanto, o presidente alvinegro afirmou que quer ouvir o pedido de saída do próprio jogador.
"Quero ouvir isso da boca do Guilherme, não do empresário. O Guilherme é um jogador muito responsável e querido".
"Mas se ele quiser sair, tudo bem, ninguém joga no Atlético se não quiser", concluiu Kalil.

*por Gabriel Pazini
  Transformando Sonhos em Realidade

 

Mais de 80 concursos com inscrições abertas reúnem 10,9 mil vagas

Cargos são de todos os níveis de escolaridade.
Salários chegam a R$ 24.057,33 no Ministério Público da União.

Pelo menos 82 concursos públicos em todo o país estão com inscrições abertas nesta segunda-feira (29) e reúnem 10.877 vagas em cargos de todos os níveis de escolaridade. Os salários chegam a R$ 24.057,33 no Ministério Público da União.

Além das vagas abertas, há concursos para formação de cadastro de reserva, ou seja, os aprovados são chamados conforme a abertura de vagas durante a validade do concurso.

Os órgãos que abrem inscrições na segunda-feira para 778 vagas são os seguintes: Agência de Defesa Agropecuária de Roraima (Aderr), Hospital do Servidor Público Municipal, em São Paulo, Marinha, Prefeitura de Florânia (RN), Prefeitura de Maringá (PR), Prefeitura de Santana de Parnaíba (SP), Prefeitura de São Raimundo das Mangabeiras (MA), Prefeitura de Tamandaré (PE) e Secretaria de Estado da Mulher do Distrito Federal.

  Transformando Sonhos em Realidade

sexta-feira, 26 de abril de 2013

Dia do Goleiro! Goleiro Fábio do Cruzeiro: Biografia.



Fábio Deivson Lopes Maciel, mais conhecido como Fábio (Nobres, 30 de setembro de 1980 ) é um futebolista brasileiro que atua como goleiro. Atualmente, joga pelo Cruzeiro, exercendo a posição de capitão da equipe. Em 2010 foi premiado, com o título de melhor goleiro do Campeonato Brasileiro.


Biografia.

Fábio nasceu no Mato Grosso, na cidade de Nobres, a 140 km da cidade de Cuiabá, onde viveu até os 12 anos. De Nobres, ele e sua família seguiram para Aparecida do Taboado, no Mato Grosso do Sul, devido a uma transferência de trabalho do seu pai.

Carreira.
Em Aparecida do Taboado, em 1993,Fábio teve a oportunidade de disputar um campeonato, onde foi observado pelo time do União Bandeirante. Foi então que recebeu um convite para atuar no Paraná. Ali começou a sua carreira, seus primeiros passos num time profissional.

O primeiro time profissional de Fábio foi o União Bandeirante, onde iniciou em 1997. Depois, jogou pelo Atlético Paranaense. Em 2000 foi emprestado ao Cruzeiro, fazendo sua estreia em jogo contra o Universal-RJ, em 4 de março de 2000. Amistoso realizado no Mineirão em que o time mineiro venceu por 2 a 0. O jogador se manteve no Cruzeiro por um ano, ganhando nesse período o título da Copa do Brasil. Quando acabou o empréstimo, voltou ao União, e logo foi para o Vasco, onde permaneceu por quatro anos, até o seu retorno definitivo, ao Cruzeiro em 2005.

Cruzeiro.

Em 2006 conquistou com o Cruzeiro o título do Campeonato Mineiro e foi destaque do "Troféu Telê Santana" promovido pela TV Alterosa como o melhor jogador de Minas Gerais.4 Em 2008 voltou a ganhar o título estadual e mais uma vez a premiação de melhor jogador da competição. Em 2009, Fábio conquistou pela terceira vez o título de Campeão Mineiro e foi vice campeão da Copa Libertadores da América.

Em 2010, no dia 2 de junho, Fábio entrou para a história do Mineirão, tornando-se o terceiro goleiro a gravar suas mãos na Calçada da Fama do estádio.

Em novembro o jogador manifestou a sua satisfação em jogar pela equipe: "Hoje não trocaria o Cruzeiro por nenhum outro clube do Brasil e até mesmo do exterior."

No dia 6 de dezembro, após conquistar com o Cruzeiro a segunda colocação no Campeonato Brasileiro, Fábio foi laureado com o prêmio Bola de Prata de melhor goleiro da competição, concedido pela revista Placar. No dia 8 de fevereiro de 2011, o goleiro Fábio renovou o contrato com o Cruzeiro até 2016. No dia 2 de março, o goleiro defendeu pela décima primeira vez um pênalti, em jogo válido pela Copa Libertadores, contra o Deportes Tolima, garantindo o empate sem gols, fora de casa em uma partida bastante disputada.

No dia 27 de julho de 2011, Fábio completou 400 jogos pela equipe do Cruzeiro, contra o Atlético-GO em partida válida pelo Campeonato Brasileiro.

No dia 7 de fevereiro de 2012, Fábio foi eleito o camisa 1 do Troféu Telê Santana de 2011. Com a premiação, o atleta se isolou como recordista da premiação, com nove troféus, em 11 participações.

Seleção Brasileira.
No dia 19 de maio de 2011, o goleiro Fabio foi convocado pela primeira vez, para a Seleção Brasileira, para disputar os amistosos contra a Romênia e a Holanda, realizados nos dias 4 e 7 de junho respectivamente.

Em Agosto o goleiro foi novamente convocado para o jogo amistoso contra Gana, no dia 4 de setembro. No dia seguinte ao jogo, o goleiro foi convocado pela terceira vez, para jogar contra a Argentina, no dia 14 de setembro.15 Porém foi cortado da partida devido à uma lesão que sofreu no jogo do Cruzeiro contra o Fluminense, em partida válida pelo campeonato nacional.
  Transformando Sonhos em Realidade
Títulos.

 Atlético Paranaense.
          Campeonato Paranaense: 1998

 Vasco da Gama.
          Copa Mercosul: 2000
          Campeonato Brasileiro: 2000
          Campeonato Carioca: 2003
         

 Cruzeiro.
          Copa do Brasil: 2000
          Campeonato Mineiro: 2006, 2008, 2009 e 2011
          Campeonato Internacional de Verano: 2009
         

 Seleção Brasileira.
          Campeonato Sul-Americano Sub-17: 1997
          Campeonato Mundial Sub-17: 1997
          Copa América: 2004
         

Pessoais.
          Bola de Prata da Revista Placar de Melhor Goleiro do Campeonato Brasileiro: 2010
          Prêmio Craque do Brasileirão, melhor goleiro: 2010
          Seleção do Campeonato Brasileiro: 2010
          Troféu Guará para o Melhor Goleiro do ano : 2006, 2008, 2009, 2010, 2011 e 2012
          Troféu Telê Santana de Melhor Goleiro do ano: 2006, 2008, 2009 . 2010 e 2011
          Troféu Telê Santana de Melhor Jogador do ano : 2006, 2008 e 2010
          Troféu Globo Minas de Melhor Goleiro do Campeonato Mineiro : 2006, 2008, 2009, 2010 e 2011
          Premio Ginga de Melhor Goleiro: 2011
          Premio por tomar apenas 3 gols em 10 jogos [2012]


quinta-feira, 25 de abril de 2013

ABSURDO! A Câmara aprovou hoje um golpe de Estado!

O plenário do Congresso Nacional: os parlamentares decentes dos   diferentes partidos precisam barrar a aberração imoral que se quer  aprovar contra os direitos dos cidadãos 

É uma barbaridade!
A Comissão de Justiça da Câmara dos Deputados — justamente a comissão de JUSTIÇA — aprovou hoje um projeto de emenda à Constituição que, se levado adiante, representará nada menos do que um golpe de Estado.
Contrariando uma multissecular tradição profundamente enraizada no Ocidente, contrariando o espírito da Constituição, contrariando o bom senso e as regras elementares da democracia, a emenda à Constituição pretende submeter ao Congresso decisões da Justiça que declare leis como inconstitucionais.

Isso ocorrerá – se essa loucura prosperar – sempre que o Supremo Tribunal Federal julgar procedentes as chamadas Ações Diretas de Inconstitucionalidade (Adin) propostas por vários órgãos legalmente autorizados a isso (veja quais na lei que regula as Adins, parágrafo 2º).

Ou seja, deputados e senadores serão quem decidirão, em última instância, se vale ou não vale o que eles próprios aprovaram. Nesses casos, serão os juízes de si mesmos — em detrimento dos direitos e garantias individuais dos cidadãos, cuja garantia é a Justiça.

O Legislativo, sempre controlado, como os demais Poderes, pelo Judiciário nas nações civilizadas e decentes, será seu próprio controlador em determinados casos — e se colocará acima do Poder Judiciário.

É um escândalo, é uma imoralidade.
Se aprovada a emenda, haverá exceções, e exceções gravíssimas, ao princípio constitucional de que todo ato praticado por agente público — e não apenas esses, mas todo ato que gere consequências jurídicas — tem a GARANTIA de ser ou não, em última análise, referendado pelo Judiciário.

É o Judiciário, nos países civilizados, o supremo guardião das garantias constitucionais, que compreendem todos os direitos e garantias individuais — o direito de ir e vir, o direito à livre manifestação, o direito à livre expressão do pensamento, o direito de associação… Todos os fundamentos de uma sociedade livre e civilizada.

É o Judiciário, nos países civilizados, pelo menos desde os primórdios da República fundada nos Estados Unidos no século XVII, quem exerce o controle da constitucionalidade das leis.

Em certos países, como os próprios Estados Unidos, o papel cabe à Suprema Corte. Outras nações democráticas e civilizadas, como a Alemanha ou a Espanha, mantêm um Tribunal Constitucional específico, ao lado de uma Corte Suprema, que determina se leis aprovadas pelo Legislativo estão ou não de acordo com a Carta de Garantias, a Constituição.
O autor da emenda autoritária e imoral é o desconhecido deputado Nazareno Fontenele (PT-PI) (Foto: Beto Oliveira / Agência Câmara)

De todo modo, esse papel nobre cabe sempre ao Judiciário, um dos Poderes independentes do Estado.

A emenda propõe mais barbaridades, entre as quais:
* Sobe para quatro quintos o quórum para o Supremo declarar uma lei inconstitucional.
* Proíbe que ministros do Supremo concedam liminares em mandado de segurança para suspender — até o julgamento final pela Corte — a eficácia de emendas constitucionais.
* Determina que as súmulas de jurisprudência vinculantes (mecanismo editado pelo STF que deve ser seguido por todas as instâncias do Judiciário, com base em decisões repetidamente adotadas pela corte — mecanismo destinado a agilizar a Justiça)) também serão submetidas ao crivo do Congresso antes de entrar em vigor.

Como ocorre com muitos dos trabalhos “sujos” no Congresso, a emenda foi originalmente apresentada por um deputado medíocre, obscuro, de quem ninguém nunca ouviu falar — um certo Nazareno Fonteles, do Piauí (e do PT, é claro!). Ele alcançará, agora, seus 15 minutos de fama, exercendo esse triste papel.
Como a base parlamentar aliada ao governo Dilma está apoiando essa monstruosidade, parece, mesmo, ser a retaliação contra o Supremo prometida pelo ex-presidente da Câmara Marco Maia (PT-RS).

  Transformando Sonhos em Realidade
Querem castrar o Supremo!
Querem amordaçar a Justiça!
Querem se vingar pelo fato de a corte ter cumprido a Constituição e as leis e enviado os mensaleiros para a cadeia.
Já dominam o Legislativo com os métodos que todos conhecemos. Agora, querem que esse Legislativo, que controlem, dominem também o Judiciário.

A democracia estará ameaçada com esse golpe de Estado branco se ele seguir adiante no Congresso.
Os homens de bem da Câmara e do Senado, de todos os partidos — e, não tenham dúvida, eles existem — estão com a obrigação cívica de se oporem a esse ato ditatorial.

Concurso Policia Militar São Paulo PM SP 2000 Vagas. R$ 2.563,28.




Adquira sua Apostila e saia na frente:




Remuneração:  R$ 2.563,28.
2.000 vagas.
Já foi publicado edital de concurso público da Polícia Militar do Estado de São Paulo (PM SP). São 2.369 vagas de soldado PM 2ª Classe, para homens e mulheres com remuneração inicial de R$ 2.563,28.


Com a organização e responsabilidade da Fundação para o Vestibular da Universidade Estadual Paulista (Fundação Vunesp), foi divulgado nesta quarta-feira, 16 de outubro de 2013, o edital de abertura do concurso público 3/321/13 da Polícia Militar do Estado de São Paulo (PM - SP). O certame foi autorizado por meio de Despacho do Governador do Estado, em 23 de maio do ano corrente.

São 2.000 vagas para Soldado PM de 2ª Classe para o Quadro de Praças da Polícia Militar, destinadas a candidatos dos sexos masculino e feminino, em caráter de estágio probatório, que inclui o Curso Superior de Técnico de Polícia Ostensiva e Preservação da Ordem Pública.

A remuneração inicial será de R$ 2.563,28 e só poderão se inscrever para o concurso, profissionais com idade entre 18 e 30 anos que tenham concluído o ensino médio e possuam carteira nacional de habilitação - categoria entre a B e a E. Além disso, será cobrada altura mínima de 1,60m (mulher) ou 1,65m (homem).

No caso desse certame não serão reservadas vagas para pessoas com deficiência, considerando-se as peculiaridades da função.

Os interessados que atendam às exigências em questão poderão realizar sua inscrição entre às 10h do dia 21 de outubro de 2013, próxima segunda-feira, e às 16h do dia 22 de novembro de 2013 pelo site www.vunesp.com.br (link do concurso). A taxa será de R$ 50,00.

Serão realizadas várias etapas de avaliação, sendo a primeira composta por provas escritas I e II, de caráter eliminatório e classificatório, a serem realizadas nas cidades de Araçatuba, Bauru, Campinas, Piracicaba, Presidente Prudente, Ribeirão Preto, Santos, São José do Rio Preto, São José dos Campos, São Paulo e Sorocaba.

A prova escrita I constará de 50 questões de língua portuguesa, matemática e conhecimentos gerais, enquanto que a II será composta por redação. O tempo total de duração de ambas será de quatro horas e a previsão é de que sejam aplicadas em 12 de janeiro de 2014, às 14h. O conteúdo programático consta no Anexo B do certame e a indicação é de que o candidato compareça ao local de provas munido de caneta esferográfica transparente de tinta azul, preferencialmente, ou preta.

Haverá, ainda, prova de condicionamento físico, de caráter eliminatório, constituída dos seguintes exercícios: apoio de frente sobre o solo (flexão e extensão de cotovelos) para homens e apoio de frente no solo, sobre o banco (flexão e extensão de cotovelos) para mulheres; resistência abdominal, em decúbito dorsal (tipo remador); corrida de 50m; e corrida em 12 minutos.

Na sequência, os candidatos serão submetidos a exames de saúde, também de caráter eliminatório, compostos por exame médico geral e exames laboratoriais; assim como a exame psicológico, de caráter eliminatório, que analisará a personalidade, aptidão, potencial e adequação do candidato ao exercício da função.

Também haverá investigação social de todos os aprovados nas fases anteriores, com caráter eliminatório, que visará a análise da conduta social, reputação e idoneidade do candidato.
Por fim, os concursandos serão submetidos à análise de documentos, de caráter eliminatório e prova títulos, de caráter classificatório.

  Transformando Sonhos em Realidade

quarta-feira, 24 de abril de 2013

Concurso EsSA Sargento das Armas- Adquira sua Apostila

Exército Brasileiro abre 1.350 vagas para Curso de Formação de Sargentos



Adquira sua Apostila e saia na frente:

 Remuneração: R$3.098,82
 ESCOLA DE SARGENTOS DAS ARMAS – EsSA

A Escola de Sargentos das Armas é, atualmente, o estabelecimento de ensino do Exército Brasileiro destinado exclusivamente à formação de Sargentos Combatentes de carreira, das armas de Infantaria, Cavalaria, Engenharia e Comunicação.
           

O aluno vive em regime de internato durante todo o período de formação, sendo alojado, alimentado e fardado por conta do Estado, além de receber em saldo por mês para as despesas pessoais.

            O curso é dividido em dois períodos: o Período Básico, sob a coordenação da EsSA, com duração de 34 semanas, é desenvolvido nas unidades dos corpos de tropas; e o Período de Qualificação, nas dependências da EsSA, em Três Corações – MG, composto de quarenta e três semanas, nas quais o aluno recebe instruções especificas da Arma escolhida.


CONDIÇÕES PARA INSCRIÇÃO:

- ser brasileiro nato;
            - ser solteiro;
            - idade: ter entre 18 e 23 anos até 31 de dezembro do ano da inscrição;
            - escolaridade: ter ou estar concluindo a 3ª série do ensino médio;
            - período de inscrição: atualmente, nos meses de junho e julho.


  Transformando Sonhos em Realidade