Pesquisar este blog

Área Militar

Curta a Fan Page: Martins Concursos

Siga no Twitter

WhatsApp

http://whats.link/apostias

segunda-feira, 23 de setembro de 2013

Concurso do IBGE Técnico e Analista




O Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE) divulgou nesta segunda-feira, 23 de setembro de 2013, no Diário Oficial da União, Seção 3, o edital de abertura de concurso público CP 002/2013 para o provimento de 300 vagas do cargo de Técnico em Informações Geográficas e Estatísticas A I, da carreira de Suporte Técnico em Produção e Análise de Informações Geográficas e Estatísticas. Desse total, 5% será destinado às pessoas com necessidades especiais, o que correspondente a 15 vagas.

Para participar do certame, o candidato deve ter ensino médio completo e carteira nacional de habilitação - a categoria não foi informada em edital.

A remuneração da função será composta por vencimento básico do padrão inicial da classe, gratificação de desempenho de atividade em pesquisa, produção e análise, gestão e infraestrutura de informações geográficas e estatísticas A I (GDIBGE) e por gratificação de qualificação (GQ), e pode variar de R$ 2.813,10 a R$ 4.210,49.

Será pago, também, auxílio alimentação de R$ 373,00, auxílio transporte e assistência à saúde (médica e odontológica). Essa última será opcional ao servidor e aos seus dependentes, com valores que variam entre R$ 82,83 a R$ 167,70 por pessoa, de acordo a remuneração e a idade do servidor. Esse benefício será concedido apenas para quem comprovar um plano de saúde próprio.

A jornada de trabalho será de 40h semanais e constam como atribuições do cargo o suporte e o apoio técnico especializado às atividades de ensino, pesquisa, produção, análise e disseminação de dados e informações de natureza estatística, geográfica, cartográfica, geodésica e ambiental; entre outras.
Os profissionais atuarão em alguns municípios dos seguintes Estados: Acre (AC), Alagoas (AL), Amazonas (AM), Bahia (BA), Ceará (CE), Espírito Santo (ES), Goiás (GO), Maranhão (MA), Minas Gerais (MG), Mato Grosso do Sul (MS), Mato Grosso (MT), Pará (PA), Paraíba (PB), Pernambuco (PE), Piauí (PI), Paraná (PR), Rio de Janeiro (RJ), Rio Grande do Norte (RN), Rondônia (RO), Roraima (RR), Rio Grande do Sul (RS), Santa Catarina (SC), Sergipe (SE), São Paulo (SP) e Tocantins (TO).

Os interessados que atendam aos requisitos citados poderão se inscrever de 1º a 24 de outubro de 2013 pela página eletrônica www.cesgranrio.org.br, mediante pagamento de taxa no valor de R$ 50,00.

A Fundação Cesgranrio será a responsável pelo certame e haverá prova objetiva com 60 questões (língua portuguesa, raciocínio lógico, geografia, conhecimentos gerais e específicos e noções de informática), com duração de quatro horas, em 1º de dezembro de 2013 às 13h, nas cidades as quais foram escolhidas para locação.

O candidato deve chegar ao local com uma hora de antecedência, munido do cartão de confirmação de inscrição, documento de identidade e caneta esferográfica de tinta preta fabricada em material transparente. Para conhecer o programa de provas, consulte o Anexo IV do edital completo.

  Transformando Sonhos em Realidade
www.apostilasmartins.com.br



sexta-feira, 6 de setembro de 2013

Concurso TRT - BA 5ª Região Analista e Técnico Judiciário



Tribunal Regional do Trabalho da 5ª Região 
(TRT - BA)


Adquira sua Apostila e saia na frente:
 

·  Banca Examinadora:   FCC
·  Remuneração  de R$ 4.635,03 a R$ 9.188,20
·  Datas de Inscrição  de 05/09/2013 a 25/09/2013
·  Data da Prova 03/11/2013
·  Região Nordeste
·  Escolaridade Médio, Superior
·  Área Fiscal, Judiciária, Outras, Administrativa


  Transformando Sonhos em Realidade
www.apostilasmartins.com.br

terça-feira, 3 de setembro de 2013

Terceirização do 190 irá começar; Lugar de PM é na Rua diz Governador




Terceirização do 190 irá começar; Lugar de PM é na Rua diz Governador

O governo do Estado de São Paulo irá terceirizar o atendimento de emergência por telefone da PM (Polícia Militar), o 190, hoje realizado por integrantes da corporação.

Ainda sem data para ser implementado, o projeto-piloto vai começar por São Paulo e Osasco, na região metropolitana, e São José dos Campos, no Vale do Paraíba. 

O anúncio foi feito nesta segunda-feira (2) pelo secretário estadual de Segurança Pública, Fernando Grella, em Campinas (a 93 km de SP). 

Segundo a PM, o projeto-piloto está em "fase de construção" do edital de licitação --que deverá contemplar apenas os centros de operação da PM dos três municípios. 

Em nota, a corporação afirmou que o objetivo da terceirização é o "melhor atendimento ao cidadão".
"No início, os atendentes terão acompanhamento dos policiais militares que trabalham no atendimento das chamadas de emergência", diz a PM, "até que se tenha certeza do mesmo nível de excelência de atendimento". 

OBJETIVO É TER 'PM NA RUA', DIZ ALCKMIN
 
Nesta terça (3), o governador Geraldo Alckmin defendeu a terceirização. "Eu vejo de maneira positiva." 

O objetivo do projeto, segundo o governador, é "ter cada vez mais o policial na rua, em sua atividade preventiva, ostensiva e repressiva". "O policial é extremamente especializado e, portanto, quanto mais tiver na atividade fim, melhor. Você pode ter civis nesse trabalho [de atendimento], liberando os policiais." 

DELEGACIA SECCIONAL
 
Grella e Alckmin foram a Campinas assinar o contrato de locação do prédio que irá abrigar a segunda delegacia seccional da cidade. 

A seccional terá "nos próximos meses" um plantão permanente 24 horas e abrigará delegacias especializadas da Polícia Civil, como a DIG (Delegacia de Investigações), a Dise (Delegacia de Investigações Sobre Entorpecentes) e a Delegacia de Defesa da Mulher, além dos 6º, 8º, 9º e 11º Distritos Policiais da cidade, segundo a assessoria do governador. 

  Transformando Sonhos em Realidade
www.apostilasmartins.com.br

Porte de Arma para Agente Penitenciário-MG é aprovado em 1º Turno



Relator restaurou texto original que permite o porte aos agentes ativos e inativos, no exercício do cargo ou fora dele.

O direito ao porte de arma de fogo aos agentes de segurança penitenciários ativos e inativos, no exercício do cargo ou fora dele, nos limites do Estado, recebeu mais um passo pela sua aprovação na Assembleia Legislativa de Minas Gerais (ALMG). Na manhã desta terça-feira (3/9/13), a Comissão de Segurança Pública da ALMG aprovou parecer de 1º turno favorável ao Projeto de Lei (PL) 4.040/13, do governador, que regulamenta o direito dos agentes de segurança penitenciários ocupantes de cargo público efetivo previsto na Lei 14.695, de 2003, de portarem arma de fogo. A reunião foi acompanhada por dezenas de agentes penitenciários que pedem apoio dos parlamentares pela aprovação da matéria.

O relator do projeto, deputado Lafayette de Andrada (PSDB), opinou pela aprovação da matéria em sua forma original e pela rejeição das duas emendas apresentadas pela Comissão de Constituição e Justiça (CCJ). O parlamentar explicou que o parecer restaura o texto original já que contém acordo entre o Sindicato dos Agentes de Segurança Penitenciária (Sindasp) e o governo do Estado. Segundo Lafayette, o projeto é necessário para ampliar a segurança pessoal dos agentes e de seus familiares.

A proposição fixa as condições para que o direito ao porte de arma possa ser exercido (incisos I a III do artigo 1º) e determina que a autorização para o porte deverá constar na carteira de identidade funcional dos agentes de segurança penitenciários. Caso o porte seja proibido ou suspenso, o projeto determina que deverá ser expedida nova carteira funcional, sem aquela autorização.

O texto ainda dispõe que o agente de segurança penitenciário responderá administrativa e penalmente por omitir situação ou fraudar documento que possa implicar suspensão ou proibição do porte de arma de fogo, além de estabelecer que, em locais onde haja aglomeração de pessoas em virtude de evento de qualquer natureza, o profissional deverá se comportar discretamente ao portar arma de fogo, evitando constrangimentos a terceiros.

A emendas da CCJ, que tiveram parecer pela rejeição na Segurança Pública, pretendem vedar a concessão de porte de arma de fogo ao agente de segurança penitenciário aposentado e limitar o porte de armamento de uso permitido ao exercício da função, retirando a possibilidade de que os agentes portem arma de fogo em outros locais que não sejam seus respectivos postos de trabalho.

Parlamentares manifestam apoio ao projeto
Os deputados presentes na reunião destacaram a necessidade da aprovação do projeto para aumentar a segurança dos agentes penitenciários, que atualmente não têm permissão para portar arma de fogo fora do serviço. Eles também parabenizaram a iniciativa do governador Antônio Anastasia em enviar a matéria à Casa, adotando a nova medida.

“Estamos fazendo justiça para esses agentes”, afirmou o deputado Leonardo Moreira (PSDB). Para Sargento Rodrigues (PDT), o projeto é importante para dar garantia, na forma da lei, da segurança do agente e de sua família. Ele informou que será relator do projeto na Administração Pública e irá seguir o relatório de Lafayette de Andrada.

Sargento Rodrigues ainda fez um relato sobre os avanços obtidos pelos agentes penitenciários, como carreia e piso salarial. O deputado Zé Maia (PSDB) também lembrou os avanços no setor, que possibilitou que os policiais possam cumprir seu papel.

O deputado Cabo Júlio (PMDB) e a deputada Liza Prado (PSB) também apresentaram apoio à aprovação do projeto, para proporcionar mais condições de trabalho aos agentes.

Presente na reunião, o presidente do Sindasp, Adeilton de Souza Rocha, agradeceu todos os envolvidos no processo e salientou que o projeto mostra que o Governo está mostrando o empenho em construir um sistema de defesa social eficaz.

Requerimento – Foi aprovado requerimento do deputado Cabo Júlio, solicitando que seja realizada audiência pública para discutir os arrastões que estão ocorrendo nos shoppings de Belo Horizonte. Segundo o requerimento, os arrastões são marcados pelas redes sociais e por jovens com o pretexto de passeio, mas na realidade ocorre com o objetivo de tumultuar e praticar ações ilícitas.

  Transformando Sonhos em Realidade
www.apostilasmartins.com.br