Pesquisar este blog

Área Militar

Curta a Fan Page: Martins Concursos

Siga no Twitter

WhatsApp

http://whats.link/apostias

domingo, 29 de junho de 2014

Concurso Soldado CFSd PMMG 2015 3000 Vagas

Concursos Soldado PMMG 2015
3000 Vagas    -    R$ 4.098,39

Adquira sua Apostila e saia na frente!


A SEDS  Secretaria de Estado Defesa Social, anunciou investimentos de R$909 milhões em segurança pública. Serão 3000 Vagas para Soldado em 2015.

Tudo leva a crer que será (nível médio) uma vez que a lei Complementar 115/2010 so entrara em vigor em 05/08/2015 e pode ser prorrogada por mais 05 anos.

Preparem-se, pois  será mais uma vez o concurso mais disputado do Brasil. Atulamente a remuneração do Soldado esta em R$  3.181,99  em Abril de 2015 será  de R$ 4.098,39 


LEI COMPLEMENTAR 115, de 05/08/2010






Art. 6º-B Para ingresso nos Quadros de Praças e de Praças Especialistas da Polícia Militar é exigido o nível superior de escolaridade, obtido em curso realizado em estabelecimento reconhecido pelo sistema de ensino federal, estadual ou do Distrito Federal, em área de concentração definida em edital, sem prejuízo do disposto no § 4º do art. 13.

Art. 6º Nos cinco anos a partir da publicação desta Lei Complementar, concomitantemente com o previsto no art. 6º-B da Lei nº 5.301, de 1969, admitir-se-á o nível médio de escolaridade como requisito para ingresso nos Quadros de Praças e de Praças Especialistas da Polícia Militar, submetendo-se o candidato aprovado em concurso público a aprovação em curso de formação de nível superior promovido pela instituição.
Parágrafo único. O período de transição de cinco anos poderá ser prorrogado por período equivalente por ato do Governador do Estado.

Art. 9º Esta Lei Complementar entra em vigor na data de sua publicação.

Palácio Tiradentes, em Belo Horizonte, aos 5 de agosto de 2010; 

ANTONIO AUGUSTO JUNHO ANASTASIA


Condições gerais para a inscrição:
Ser brasileiro (a);
Ter, no mínimo, ensino médio completo (2º grau), até a data de matrícula no curso;
Estar em dia com o serviço militar (sexo masculino) e obrigações eleitorais;
Ter no mínimo 18 anos e no máximo 30 anos de idade.
Ter idoneidade moral e social e não ter antecedentes criminais que o incompatibilizem com a carreira policial-militar;
Ter altura mínima de 1,60m (um metro e sessenta centímetros);
Ter sanidade física e mental;
Ser indicado na avaliação psicológica.

Fonte Seds.

segunda-feira, 23 de junho de 2014

Concurso Defensoria Pública do Estado do Rio de Janeiro (DPE - RJ)

A Defensoria Pública do Estado do Rio de Janeiro (DPE - RJ), divulgou a reabertura de inscrições do Concurso Público regido pelo edital nº 1/2014, e destinado ao provimento de 321 oportunidades, considerando a reserva de vagas para negros, índios, e pessoas com necessidades especiais, apenas para pessoas que tenham direito à isenção da taxa de inscrição.



Visite nosso site!

Este prazo segue do dia 27 às 8h do dia 29 de março de 2014, pelo site da organizadora do certame, sendo que as datas do cronograma que não tenham relação com o pedido de isenção, serão mantidas.

Por meio deste certame serão selecionados Técnico Superior Jurídico (252), Técnico Superior Especializado (50) e Técnico Médio da Defensoria (19), para atuação de 40 horas semanais, e salários de R$ 2.914,97 ou de R$ 3.589,52, de acordo com a formação educacional.

Para o cargo de Técnico Superior Especializado serão aprovados candidatos nas áreas de Administração (4); Administração de Dados (2); Desenvolvimento de Sistemas (5); Gestão em Tecnologia da Informação (1); Rede de Computadores (1); Segurança da Informação (1); Suporte (1); Serviço Social (4); Biblioteconomia (1); Ciências Contábeis (5); Economia (4); Engenharia de Agrimensura (4); Engenharia Civil (8); Engenharia Elétrica (2); Estatística (2); e Psicologia (5).

São aptos a participarem desta seletiva, profissionais com ensino médio completo, ou superior obtido na área da vaga pretendida.

Os inscritos serão submetidos à Prova Escrita Objetiva, e à Exame Admissional para todos os candidatos classificados no primeiro teste. Este certame está sob a responsabilidade da Fundação Getúlio Vargas (FGV).

A primeira retificação alterou um item que trata dos documentos a serem entregues após a aprovação na Prova Objetiva, e o segundo documento retificador prorrogou o período de inscrição, para 9 de março de 2014, além de ter alterado as datas constantes nas etapas posteriores.

As inscrições foram efetuadas pelo site www.fgv.br/fgvprojetos/concursos, com o recolhimento da taxa de participação nos valores de R$ 77,00 ou R$ 110,00, conforme a vaga para a qual se candidatou.

Este concurso é válido por um ano, podendo ser prorrogado pelo mesmo período, a critério da administração.

Jornalista: Aline Martins

sexta-feira, 20 de junho de 2014

Concurso DPE-MG Defensoria Pública Minas Gerais



Adquira sua Apostila e saia na frente!


A Defensoria Pública do Estado de Minas Gerais (DPE - MG) divulgou a primeira retificação do concurso público 01/2014, na qual acrescenta alínea ao item que trata dos requisitos de participação; bem como acrescenta a exigência de três anos, no mínimo, de atividade jurídica.

Além disso, alteram-se outros três itens do certame, voltados à documentação para inscrição definitiva, certidões, informações e orientações sobre o concurso.

O objetivo é prover 100 vagas de Defensor Público de Classe Inicial, com reserva de 10% para pessoas com necessidades especiais.

Os profissionais receberão subsídio de R$ 16.022,94 até maio de 2015 e de R$ 18.935,15 a partir de 1º de junho de 2015.

Podem participar candidatos com bacharelado em Direito que atendam todos os requisitos citados no edital e que realizem a inscrição preliminar das 9h do dia 11 de agosto de 2014 às 20h do dia 9 de setembro de 2014 pela página eletrônica www.gestaodeconcursos.com.br.

A Fundação de Desenvolvimento da Pesquisa (Fundep) é a responsável pelo certame, que constará de prova objetiva de múltipla escolha na data provável de 19 de outubro de 2014, prova escrita discursiva, inscrição definitiva/ avaliação médica e sindicância da vida pregressa e investigação social, prova oral e avaliação de títulos, em cinco diferentes etapas.

O concurso é válido por dois anos e pode ser prorrogado.