Pesquisar este blog

Área Militar

Curta a Fan Page: Martins Concursos

Siga no Twitter

WhatsApp

http://whats.link/apostias

sábado, 30 de abril de 2016

Polícia Civil - PE abrem Concursos com mais de 900 vagas


Concursos da Polícia Civil e Científica do Pernambuco: é que os editais foram publicados no Diário Oficial do Estado e estão sob a responsabilidade do Centro Brasileiro de Pesquisa em Avaliação e Seleção e de Promoção de Eventos (Cespe).

São oportunidades para Agente de Polícia (500 vagas), Delegado de Polícia (97 vagas), e Escrivão de Polícia (50 vagas), conforme discrimina o edital nº 01 da Policia Civil.

Já para a Polícia Científica, são contemplados os cargos de Auxiliar de Legista (73 vagas), Auxiliar de Perito (96 vagas); Perito Papiloscopista (51 vagas), Médico Legista (40 vagas), Perito Criminal nas áreas de Engenharia Mecânica ou Engenharia Mecatrônica (5 vagas), Engenharia Civil (5 vagas), Engenharia Elétrica, Engenharia Eletrônica, Engenharia de Redes de Comunicação ou Engenharia Telecomunicações (5 vagas), Química, Química Industrial ou Engenharia Química (5 vagas), Farmácia (5 vagas), Ciências Biológicas ou Biomedicina (7 vagas), Ciência da Computação, Engenharia da Computação ou Sistemas de Informação (12 vagas), Ciências Contábeis (1 vaga), Engenharia Agronômica, Geologia, Engenharia Ambiental ou Engenharia Florestal (1 vaga), Física (8 vagas), Odontologia (1 vaga), Medicina-veterinária (1 vaga).

A remuneração dos profissionais varia de R$ 3.276,42 a R$ 9.069,81, correspondente a jornadas de 40h semanais.

Se você tem nível superior, inscreva-se a partir das 10h do dia 7 de abril de 2016 até às 23h59 do dia 26 de abril de 2016, mediante preenchimento da ficha no site www.cespe.unb.br. Não se esqueça de pagar a taxa de participação.

Os inscritos serão classificados mediante aplicação de duas etapas sendo: Prova Objetiva, Discursiva, Prática de Digitação, Capacidade Física, Avaliação Psicológica, Exame Médico, Investigação Social, Avaliação de Títulos e Curso de Formação.

As provas objetivas e a prova discursiva serão realizadas nas cidades de Recife - PE e sua Região Metropolitana, Caruaru- PE, Serra Talhada - PE e Petrolina - PE, nas datas prováveis de 12 e 19 de junho de 2016, de acordo com o cargo pretendido.
Estes Concursos são válidos por dois anos, contados a partir da data de publicação da homologação do resultado final, podendo ser prorrogado, uma única vez, por igual período.

Concurso Polícia Militar - PE 1,5 mil vagas para Soldado

A Polícia Militar de Pernambuco divulgou a primeira retificação do Concurso Público que visa contratar profissionais para o cargo de Soldado.

A nota de esclarecimento modifica um tópico do anexo que trata do conteúdo programático sugerido para os testes.

No total são disponibilizadas 1.500 vagas para candidatos de nível médio, que tenham 18 anos completos na data de ingresso na carreira de militar do Estado e, no máximo, 28 na data de inscrição, 1,65m para homens, e 1,60m para mulheres, além de outros requisitos mencionados no edital.
O aluno do Curso de Formação e Habilitação de Praças fará jus, durante o período de curso, à Bolsa-Auxílio de Formação Profissional no valor de R$ 970,42. O concluinte, quando nomeado Soldado, terá a remuneração de R$ 2.319,88.

As inscrições são recebidas pelo site da organizadora, www.upenet.com.br, até às 23h59 do dia 10 de abril de 2016, observado o horário oficial do Estado de Pernambuco. A taxa de participação é de R$ 100,00 e deve ser paga por boleto bancário.

Sob organização do Instituto de Apoio à Fundação Universidade de Pernambuco (IAUPE), os candidatos serão submetidos a Prova Objetiva, Exame de Aptidão Física, Avaliação Psicológica, Exames Médicos e Investigação Social.

Este Concurso tem validade de dois anos, a contar da data da homologação do resultado final, podendo ser prorrogado por igual período, a critério da Secretaria de Defesa Social.

sexta-feira, 29 de abril de 2016

Concurso TJ-MG 2016 para nível médio: Edital ainda neste semestre! Inicial de R$ 3,2 mil!



Concurso TJ-MG 2016



Adquira sua Apostila e saia na frente!

Excelente oportunidade para os concurseiros de Minas Gerais: Edital do TJ-MG sairá este semestre!

Após serem premiados nos últimos meses com editais do Corpo de Bombeiros e Polícia Militar para nível médio, os concurseiros/as de Minas Gerais já podem comemorar mais uma seleção que vem por aí. Trata-se do novo concurso público que será aberto pelo Tribunal de Justiça do Estado (Concurso TJ-MG 2016 para nível médio) para preencher vagas em cargos do nível médio. O certame oferecerá chances para Oficial de Apoio Judicial (Justiça Comum) e Oficial Judiciário (Comissário da Infância e da Juventude).
A informação de um novo certame foi publicada no Diário de Justiça Eletrônico do tribunal desta sexta-feira (08/04/16). Apesar da confirmação de uma nova seleção,  ainda não há informação sobre o número de oportunidades.

Atualmente, a remuneração inicial para ambos os cargos é de R$ 3.238,54, já com o valor de R$ 799 de auxílio alimentação, para carga de trabalho de 30 horas semanais. O regime de contratação será o estatutário, que garante a estabilidade do cargo.

De acordo com o aviso de licitação (disponível abaixo), no momento o órgão o órgão está em processo de escolha da organizadora. O nome da banca deverá ser anunciado em 19 de abril, data da sessão pública da licitação.

A expectativa é que o edital seja publicado algumas semanas depois do anúncio. Alguns detalhes da seleção já são conhecidos, de acordo com o termo de referência.

O valor da inscrição será de R$ 60. A etapa de provas objetivas será aplicada em Belo Horizonte, Diamantina, Governador Valadares, Juiz de Fora, Montes Claros, Uberlândia e Varginha, em data a ser informada no edital. Para o cargo de oficial de apoio judicial, ainda haverá prova prática de digitação, também sem data definida.

Concurso PM-TO 2016 - Polícia Militar do Estado do Tocantins



Adquira sua Apostila e saia na frente!


A Polícia Militar de Tocantins (PM-TO) anunciou a confirmação do seu concurso público que visa o preenchimento de 1.300 vagas sendo elas dividias entre Soldado e Oficial.

A informação foi dada pelo comando da PM-TO que disse ainda que está previsto no Plano Plurianual e será realizado em breve, com edital previsto para agosto de 2016.

Para se candidatar ao cargo os interessados deve possuir ensino médio completo, ter idade de 18 a 30 anos e altura mínima de 1,63m para homens e de 1,60m para mulheres, entre outras exigências que serão informadas no edital.

O certame de contratação é o estatuário que garante grande estabilidade financeira.

quarta-feira, 27 de abril de 2016

03 Passos para tirar nota 10 na Redação




Oi, Concurseiro! Você provavelmente já sabe que uma boa redação não se faz só no momento da prova, mas que ela começa a ser feita bem antes, junto com a sua preparação para o concurso público. O candidato que reserva tempo para melhorar a sua habilidade escrita passa na frente de inúmeros outros e tem enormes chances de se sair bem no dia da prova. Hoje, vamos dar dicas de como você pode melhorar a sua redação com base em três passos: a escrita, a correção e a reescrita da redação.

1º passo – Escrita
Você leu o edital do concurso e viu que haverá prova de redação. Sua preparação começa nesse momento! É importante que você comece a estudar para a prova de redação com o máximo de antecedência possível, pois escrever um bom texto, adequado ao tema e com argumentos bem construídos de forma coesa e coerente não é o mesmo que decorar uma fórmula.

A escrita exige treino. Pegue as propostas de redação de concursos anteriores e faça uma pasta com as suas redações. Escreva pelo menos uma por semana. Você pode alternar a maneira de fazer o exercício, ora simulando as condições de tempo da prova, ora focando em outro aspecto sem tempo fixo para fazer a redação. Assistir às aulas do “Redação Express para Concursos” irá lhe ajudar bastante! A prática é fundamental para que sua habilidade escrita evolua. Sendo assim, como saber se você está progredindo? É aí que começa o segundo passo!


2º passo – Correção
Ter livros e aulas em vídeo é um excelente começo, mas ainda falta o principal. É preciso praticar muito para escrever um texto com argumentos bem desenvolvidos e é importante, no processo de estudo, que você tenha alguém, de preferência um professor de redação, que leia e avalie o seu texto, pois só assim você saberá se está progredindo, onde exatamente está errando e como poderá melhorar! Dessa forma, você poderá compreender os mecanismos de correção, o que pode te ajudar a evitar erros desnecessários em seu texto. Este é um passo essencial para que você melhore a sua redação. Entretanto, a correção e o progresso só serão completos se você reescrever os textos considerando os comentários feitos pelo professor corretor! E assim começa o terceiro passo!

3º passo – Reescrita
O que muitos candidatos não fazem, às vezes por falta de tempo, ou mesmo de interesse, é reescrever a redação já corrigida. Saiba que esta etapa é fundamental! Reescrever o texto é uma prática que ajuda a reverter erros que insistem em aparecer na redação, além de fazer com que você reflita sobre os aspectos que devem ser mudados em sua escrita. Portanto, encontre um momento para se dedicar à reescrita.

Sendo assim, não fique esperando milagres para sua redação melhorar. A melhor maneira de se preparar é colocando a mão na massa e estudando, lendo e escrevendo muito! A partir de agora, leve sempre o trio escrita-correção-reescrita em seus estudos!
Boa sorte e boas redações!!

Profas. Fernanda e Flávia

Concurso Polícia Federal 5 Mil Vagas!!!

 Concurso Polícia Federal

Um dia após o anúncio de mais de 5 mil vagas ociosas, sendo a maioria administrativa, no Departamento de Polícia Federal pelo presidente da Associação Nacional dos Delegados de Polícia Federal (ADPF), Carlos Eduardo Miguel Sobral, o processo que trata da consulta de verba para realização do concurso público para PF ao Ministério do Planejamento, Orçamento e Gestão (MPOG) voltou a tramitar dentro do órgão, um ótimo indicativo de que a PF contará com reforço de pessoal. 

Adquira sua Apostila e saia na frente!


Sobral informou que há, atualmente, nada menos que 500 cargos vagos de delegado e perito, além das posições ociosas nas demais carreiras, inclusive administrativas. “Necessitamos de urgente recomposição do nosso efetivo, para que possamos prestar nossos serviços públicos com qualidade e excelência reconhecidas pela população brasileira”, afirmou.

O presidente da Associação ainda afirmou que o departamento aguarda apenas a disponibilização de recursos orçamentários para preencher os cargos vagos de delegado, assim como promover a contratação de 5 mil servidores administrativos. Ou seja, o novo concurso da Polícia Federal com 5 mil vagas para Agente Administrativo será divulgado muito em breve. Para concorrer a essa função, o candidato necessita apenas de nível médio.

No início de 2016, cerca de 600 aprovados no último concurso para agente deverão tomar posse, com a maioria devendo ir justamente para as unidades de fronteira. Entretanto, com a chegada dos novos policiais, muitos que estão na região há bastante tempo deverão ser transferidos para outras localidades.

Na opinião do presidente da Federação Nacional dos Policiais Federais (Fenapef), Jones Leal, o departamento deveria quadruplicar o quantitativo de policiais nessa faixa do território, que hoje não chega a 500. “No mínimo, na pior das hipóteses, necessita de 2 mil policiais”, afirmou. E de acordo com Leal, não está sendo cumprido o Decreto 8.326/14, que determina que os concursos para cargos policiais sejam realizados sempre que o quantidade de vagas ociosas exceder 5% do total existente para o respectivo cargo. “Os cargos de agente, escrivão e papiloscopista já excederam esse limite há muito tempo. Só no cargo de escrivão, dos que entraram pelo último concurso, quase 30% já saíram”, contou ele, apontando ainda que a formação de cada policial custa R$120 mil aos cofres públicos. A última seleção para escrivão foi para 350 vagas.

Atualmente, a PF tem planos de abrir concurso para 558 vagas de delegado (491 vagas) e perito (67), mas a partir do fim do primeiro trimestre do ano que vem, quando a validade do atual concurso para agente tiver expirado, o departamento já poderá convocar nova seleção para o cargo. No caso de escrivão e papiloscopista, isso já pode ser feito, mas o órgão informa não ter previsão nesse sentido.

O último concurso da Polícia Federal para Agente Administrativo foi realizado em 2013. Na ocasião, o órgão abriu 566 vagas na área administrativa. O cargo exige nível médio, com inicial de R$ 4.185,77, atualmente.

Os cargos da área fim da PF têm como requisitos formação superior completa e carteira de habilitação, na categoria B ou superior. Para delegado, é necessário o bacharelado em Direito, além de experiência mínima de três anos em atividade jurídica ou policial. No caso de perito, a formação exigida varia conforme a área de atuação. A remuneração oferecida para ambos é de R$ 17.203,85 no início da carreira, incluindo o auxílio-alimentação, de R$ 373.

Já os cargos de agente, escrivão e papiloscopista admitem graduados em qualquer área de formação. Os rendimentos iniciais para esses são de R$ 7.887,33 (também com o auxílio). Para os policiais lotados nas regiões de fronteira, a Lei 12.855 instituiu em 2013 o pagamento de uma indenização no valor de R$ 91 por dia de trabalho, podendo gerar ganhos adicionais de até R$ 2 mil por mês, aproximadamente.

Os concursos da PF são tradicionalmente realizados pelo Cespe/UnB.



terça-feira, 26 de abril de 2016

Concurso Policial Legislativo/MG



 Assembleia/MG: novo concurso continua em pauta


Adquira sua Apostila e saia na frente!



A comissão do concurso da Assembleia Legislativa de Minas Gerais ainda vai delimitar o número de vagas que serão abertas no edital. O último grande processo seletivo do órgão ocorreu em 2008

Segue em planejamento o concurso da Assembleia Legislativa do Estado de Minas Gerais, só que por enquanto não foram definidos detalhes como os cargos e o número de vagas.

De acordo com a assessoria de imprensa da Assembleia, desde que foi criada a comissão do concurso, o processo não apresentou muitos avanços, mas o mesmo continua em pauta e, em breve, pode haver novidades.

No ano passado, o setor de gestão de pessoas da instituição já havia informado que a previsão era de que o edital fosse publicado no decorrer de 2016.

Assim que avaliar os postos que constarão no concurso, a comissão poderá iniciar os trâmites para a abertura do processo seletivo, como a escolha da banca organizadora.

Comissão do concurso da Assembleia Legislativa/MG

Formada em 12 de agosto do ano passado, a comissão é composta pelos servidores Marcelo de Almeida e Silva, Theophilo Moreira Pinto Neto, Ana Carolina Utsch Terra, Marcelo Fonseca Ribeiro de Castro, Marcelo Migueletto de Andrade, Maria Vitória Vieira Gomide, Wamberto Dias da Silva e Maria Isabel Gomes de Matos.

Último grande concurso da Assembleia/MG

Em 2008, a Assembleia de Minas publicou edital com 221 vagas distribuídas em cargos com exigência de níveis médio, técnico e superior. A organização do certame ficou sob a responsabilidade da Fundação de Desenvolvimento da Pesquisa (Fundep) e a triagem de todos os participantes ocorreu por meio de provas objetivas.