Pesquisar este blog

Área Militar

Curta a Fan Page: Martins Concursos

Siga no Twitter

WhatsApp

http://whats.link/apostias

terça-feira, 24 de maio de 2016

Polícia Militar - MG abre 120 vagas para Curso de Formação de Oficiais CFO PM 2017

  Curso de Formação de Oficiais CFO PM 2017

A partir do dia 25 de julho de 2016, a Polícia Militar do Estado de Minas Gerais (PM - MG) recebe as inscrições do Concurso Público que visa contratar 120 profissionais para o Curso de Formação de Oficiais da Polícia Militar (CFO). Do total de oportunidades, 108 são para candidatos homens e 12 vagas serão preenchidas por mulheres.

Adquira sua Apostila e saia na frente!


Este curso será realizado em Belo Horizonte, na Escola de Formação de Oficiais (EFO) da Academia de Polícia Militar (APM), pelo período de dois anos em tempo integral, com início previsto para 13 de Fevereiro de 2017.

Para efetuar sua inscrição, acesse o site www.policiamilitar.mg.gov.br até o dia 24 de agosto de 2016, mediante o pagamento da taxa de R$ 173,00, nas agências bancárias discriminadas no documento de abertura.

Aos candidatos que não possuem acesso à internet, serão disponibilizados computadores nas unidades relacionadas no anexo disponível no edital, que pode ser conferido em nosso site.

A classificação dos participantes deste Concurso ocorre por meio de Provas de Conhecimentos (objetiva e dissertativa); Prova Oral; de Títulos e Exames de Saúde; Teste de Capacitação Física (TCF); Exames Psicológicos e Exame Toxicológico.

Durante o curso, os cadetes receberão remuneração inicial de R$ 5.769,43, pelo desempenho de atividades em jornadas semanais 40(quarenta horas)

A exigência para concorrer é de que os interessados possuam nível Superior no curso de Direito, e que apresentem altura mínima de 1,60 m, dentre outros requisitos disponíveis no documento de abertura.


2º lugar em concurso do Banco do Brasil recomenda desapegar das redes sociais!

Prestes a se formar em Engenharia Civil, Flávio Roma, 27 anos, tem mais um motivo para comemorar. O jovem foi aprovado em um dos concursos bancários mais disputados do Brasil. Ele conquistou o 2º lugar, em sua microrregião, no concurso público do Banco do Brasil, aberto no ano passado para estados da região Nordeste. Nesta edição do quadro #VidaDeConcurseiro (20/05/2016), o segundo colocado no certame revela o que fez para conquistar tal colocação.

Flávio atuava na área da engenharia civil, quando a empresa em que estagiava começou a passar por problemas financeiros. Há dois meses sem receber a bolsa-auxílio, ele decidiu se desligar da empresa, na mesma época em que foi lançado o edital do concurso do Banco do Brasil. Foi o momento em que decidiu se dedicar aos estudos para o certame. “Como eu tinha o horário livre, eu estudei de manhã, de tarde e de noite”, relembra.

Segundo o estudante, seus estudos se baseavam basicamente em aulas do curso preparatório e em resolução de questões de provas anteriores. Durante o dia, Flávio assistia às aulas e, à noite, praticava exercícios para fixar os conteúdos. Ele salienta a importância de resolver questões, para entender como a Cesgranrio, banca responsável pela seleção, cobrava determinadas matérias. “Foi exercitando que eu consegui pegar a prática para poder conseguir o meu resultado”, destaca.

De acordo com Flávio, um mês e 15 dias foi o período utilizado por ele para se dedicar aos estudos. Ao ver o resultado alcançado por ele, a esposa de Flávio não acreditou logo no primeiro momento. Segundo ele, foi mesmo algo inesperado. “Quando eu vi que tinha sido aprovado, aí a felicidade foi completa”, celebra o jovem.

Segundo Flávio, é essencial estar realmente concentrado nos estudos, mesmo que seja necessário se desapegar das redes sociais. “Ter muito foco, se desprender de whatsapp, de facebook, e de qualquer coisa que venha a lhe atrapalhar”, recomenda o 2º colocado em sua microrregião, no concurso do Banco do Brasil – Região Nordeste. Ele sabe o quanto valeu a pena todo o esforço dedicado. “O resultado vem como consequência”, conclui.

Concurso Polícia Rodoviária Federal (PRF) 1.500 Vagas!

PRF deve abrir concurso para 1.500 vagas

Não é nenhuma novidade que a Polícia Rodoviária Federal (PRF) esta tentando para em 2016 obter a autorização do Ministério do Planejamento para realizar um novo concurso para a função.

Ainda mais que pode perder até 4 mil policiais nos próximos dois anos, em razão de aposentadorias.

A solicitação que já foi feita no ano passado, para 1.500 vagas, deverá ter que ser reapresentada ao ministério, o que precisa acontecer até o fim de maio.

Adquira sua Apostila e saia na frente!

Um dos pontos positivos do efetivo é que o órgão acumula por quatro anos consecutivos de reduções de mortes nas rodovias federais. E até o fim 2015 o departamento acumulava uma redução de mais de mil mortes nas estradas, em comparação com o mesmo período de 2014.

Para quem se interessa por esse oportunidade é necessário ter o ensino superior completo (além de carteira de habilitação, na categoria B ou superior). Os aprovados recebem remuneração inicial de R$ 7.092,91. O último concurso para policial rodoviário federal foi feito em 2013 pelo Cespe/UnB.

O pedido encaminhado ao Planejamento, o ministro da Justiça, José Eduardo Cardoso, deixou claro a importância da seleção para o departamento. A nova seleção é a única saída para a crise de efetivo vivida pelo órgão, que coloca em risco a vida de servidores, provoca o fechamento de postos policiais em várias partes do país e ameaça o compromisso assumido pelo Brasil com a meta da Organização das Nações Unidas (ONU) de redução do número de acidentes de trânsito à metade até 2020. Fique atento a outras publicações. 

domingo, 22 de maio de 2016

Concurso Senado 2016: Policial Legislativo – Nível Médio! Salário será de R$ 13.833,64!

Em breve será divulgado o Concurso Senado Federal. O último certame teve sua validade expirada em julho de 2014, tornando assim, uma grande necessidade de novo edital de concurso para nível médio e superior, nos cargos de Técnico Legislativo, Policial Legislativo,  Consultor Legislativo e Analista Legislativo. A grande expectativa gira em torno do cargo de Policial Legislativo, com exigência apenas de nível médio.

A última seleção do Senado foi divulgada em 2012, e contou com a organização da Fundação Getúlio Vargas (FGV). Foram oferecidas 246 vagas, porém o certame contou com mais nomeações, além do previsto. A boa notícia, é que há mais 1.287 cargos vagos no Senado Federal (veja aqui). Desse quantitativo, a maior parte é para nível médio, para Polícia Legislativa e demais cargos de nível médio e superior.

Como pode se observar, há uma grande necessidade por um novo concurso. Os altos salários e benefícios promete acirrar a concorrência e movimentar os estudos por parte dos concurseiros. O candidato que tem interesse em concorrer a uma das vagas deve começar a preparação desde já, conforme dicas passadas por especialistas.

Lembrando que além dos cargos vagos, o legislativo contabiliza 400 aposentadorias em 2014 e 1.057 em 2015, o que deve contar com um edital recheado de oportunidades e provável nomeação além do número de vagas oferecidas, conforme ocorreu no último concurso. A remuneração também está atrelada a atividade legislativa, de representação e de desempenho. A remuneração dos servidores vai de R$ 16.014,16 a R$ 28.944,32.

O cargo de Policial Legislativo, requisito de nível médio, compõe a carreira de Técnico legislativo, tendo como requisito o nível médio completo certificado por instituição reconhecida pelo Ministério da Educação. O salário inicial está fixado em R$ 13.833,64, para jornada de 40 horas semanais.
Os inscritos no cargo serão avaliados por Provas Escritas Objetivas de Múltipla Escolha e Provas Escritas Discursivas,  Prova de Aptidão Física, Avaliação Psicológica; Investigação Social Documental; e Curso de Formação. 

Por fim, a suspensão do concursos anunciada pelo Governo Federal não deve atrapalhar a abertura de novo concurso do Senado 2016, que precisa repor urgentemente sua força de trabalho. Lembrando que a proposta apresentada pelos Ministros da Fazenda e de Planejamento ainda será avaliada e precisa de maioria absoluta dos deputados para aprovação. Os altos vencimentos e a quantidade de benefícios fazem do concurso do Senado um dos mais esperados e concorridos pelos concurseiros de plantão.

Concurso PM-PA - Polícia Militar do Pará

A Polícia Militar do Pará (PM-PA) divulgou o edital de abertura de seu concurso público que conta com 2.000 vagas para soldado, 160 para oficiais militares, 26 vagas para oficiais da Saúde e 8 vagas para o quadro complementar. A remuneração oferecida é de R$ 788,00 no inicio da carreira e R$ 5.781,31 no topo da carreira.

O candidato deve se cadastrar no site da banca organizadora FADESP no período de 24 de maio de 2016 até 23 de junho de 2016, mediante o pagamento da taxa de inscrição que varia entre R$ 70,00 e R$ 100,00.

A prova avaliativa será aplicada no dia 31 de julho de 2016 e os locais e horários ainda serão divulgados pela banca.

Concurso PM-SP 2016 - Polícia Militar de São Paulo

A Polícia Militar de São Paulo (PM-SP) recebeu nesta quinta-feira, a autorização para realização de seu novo concurso público que oferece 131 vagas destinadas aos cargos de Oficiais

Adquira sua Apostila e saia na frente!

A remuneração para o cargo, inicialmente é de R$ 2.883,27 podendo chegar até R$ 6.037,35 no topo da carreira.

No último concurso realizado em 2015, foram 15.308 inscritos para 240 vagas. Esse processo foi feito através de provas objetivas e redação, avaliação de condicionamento físico, exame de saúde, avaliação psicológica, investigação social e análise de documentos e títulos.

O edital para o atual concurso deve ser publicado até o segundo semestre de 2016.

segunda-feira, 16 de maio de 2016

Autorizado Concurso CFO PMMG 2017 - 120 Vagas

 RESOLUÇÃO Nº 4.472, 16 DE MAIO DE 2016.
Remuneração -  R$ 8.874,57 
  

Dispõe sobre o funcionamento e a distribuição de vagas para o Curso de Formação de Oficiais (CFO), que será realizado na Polícia Militar no ano de 2017.

Adquira sua Apostila e saia na frente!

O COMANDANTE-GERAL DA POLÍCIA MILITAR DE MINAS GERAIS, no uso das competências que lhe confere o inciso III do § 1º, do art. 93, da Constituição do Estado de Minas  Gerais, de 21 de setembro de 1989, c/c com o art. 28 da Lei Delegada nº 174, de 26 de janeiro de 2007, e em conformidade com o art. 6º, incisos VI e XI, do R-100, aprovado pelo Decreto-Lei Estadual nº 18.445, de 15 de abril de 1977, e com a Lei n. 21.976, de 24 de fevereiro de 2016, que Fixa os efetivos da Polícia Militar do Estado de Minas Gerais (PMMG) e do Corpo de Bombeiro Militar de Minas Gerais (CBMMG), para o ano de 2016, RESOLVE:

Art. 1º Estabelecer o funcionamento e a distribuição de vagas para o Curso de Formação de Oficiais (CFO), que será executado pela Escola de Formação de Oficiais (EFO) no ano de 2017.
Parágrafo único. Ficam distribuídas 120 vagas, sendo 108 para candidatos do sexo masculino e 12 do sexo feminino.
Art. 2º Os requisitos para inscrição, seleção e matrícula no CFO serão os constantes da Lei n. 5.301, de 16 de outubro de 1969, que contém o Estatuto dos Militares do Estado de Minas Gerais (EMEMG), bem como os parâmetros de educação profissional descritos nas Diretrizes da Educação de Polícia Militar (DEPM), aprovadas pela Resolução n. 4.210, de 23 de abril de 2012.
Art. 3º A Diretoria de Recursos Humanos fará publicar edital específico para o processo seletivo, no qual constará o período previsto para o funcionamento do curso.

Art. 4º A definição de vagas e o funcionamento dos demais cursos na Instituição para o ano de 2017 constarão de Resolução específica a ser editada.
Art. 5º Esta Resolução entra em vigor na data de sua publicação.
QCG em Belo Horizonte, 16 de maio de 2016.
(a) MARCO ANTÔNIO BADARÓ BIANCHINI, CORONEL PM
COMANDANTE-GERAL

segunda-feira, 9 de maio de 2016

Unifei - MG realiza Concurso Público com vagas técnico-administrativas


Entre os dias 25 de abril de 2016 e 19 de maio de 2016, a Universidade Federal de Itajubá (Unifei), em Minas Gerais, recebe inscrições para o Concurso Público destinado ao preenchimento de duas vagas em cargos técnico-administrativos, de ensino médio e superior.

Há oportunidades para Engenheiro Civil (1) e Auxiliar de Enfermagem (1), na unidade de Itabira, e para Auxiliar de Enfermagem (2) em Itajubá.

Os salários são de R$ 1.739,04 ou R$ 3.666,54, conforme a função exercida, e a jornada a ser desempenhada, de 40 horas semanais.

As inscrições são aceitas pelo site www.unifei.edu.br, mediante o pagamento das taxas de R$ 60,00 ou R$ 120,00, por GRU.

Os participantes serão submetidos a Prova Objetiva, cujo resultado final será válido por um ano, podendo ser prorrogado por igual período.