Pesquisar este blog

Área Militar

Curta a Fan Page: Martins Concursos

Siga no Twitter

WhatsApp

http://whats.link/apostias

terça-feira, 30 de agosto de 2016

Concurso TRE - SP cargos de nível médio e superior edital publicado!!!

Foi divulgado na manhã desta terça-feira, 30 de agosto de 2016, no Diário Oficial da União, o edital que rege o Concurso Público do Tribunal Eleitoral do Estado de São Paulo (TRE - SP).

Adquira sua Apostila e saia na frente!

Este certame está sob a responsabilidade da Fundação Carlos Chagas, e visa o provimento de cargos efetivos, de nível médio e nível superior, do Quadro de Pessoal deste Tribunal.

Para os candidatos de nível superior as opções estão disponíveis nas funções de Analista Judiciário nas áreas Judiciária (2 vagas), Administrativa (1 vaga), Apoio Especializado - Especialidades: Análise de Sistemas (1 vaga), Assistência Social (CR), Medicina - Clínica Médica (CR), Psicologia (CR), Relações Públicas (1 vaga), Analista Judiciário - Área Administrativa - Especialidade Contabilidade (2 vagas).

Já quem tem nível médio pode se inscrever para os cargos de Técnico Judiciário - Área Administrativa (5 vagas), Técnico Judiciário - Área Administrativa - Especialidade Artes Gráficas (CR), Técnico Judiciário - Área Apoio Especializado - Especialidade Enfermagem (1 vaga), Técnico Judiciário - Área Apoio Especializado - Especialidade Programação de Sistemas (1 vaga), e Técnico Judiciário - Área Apoio Especializado - Especialidade Operação de Computadores (CR).

A remuneração dos profissionais aprovados varia de R$ 5.934,15 a R$ 9.736,27, já acrescido de gratificação de atividade jurídica, e a jornada de trabalho preestabelecida é de 40 horas semanais, porém as especialidades de Medicina e Assistência Social possuem jornada diferenciada de 20 e 30 horas, respectivamente, de acordo com a legislação vigente.

Os convocados para os cargos de Analista Judiciário - Área Judiciária, Analista Judiciário - Área Administrativa e Técnico Judiciário - Área Administrativa serão lotado nos Cartórios Eleitorais do Estado ou na Secretaria do TRE-SP, obedecendo rigorosamente a ordem de classificação no concurso público, e as demais funções devem atuar na Secretaria do TRE-SP. 1

As inscrições ficarão abertas, exclusivamente, via Internet no site da empresa organizadora (www.concursosfcc.com.br), no período de 10h do dia 12 de setembro de 2016 às 14h do dia 11 de novembro de 2016 (horário de Brasília). Nesta etapa é preciso efetuar o pagamento da taxa de inscrição por meio de GRU nos valores de R$ 85,00 para os cargos de Analista Judiciário e R$ 70,00, para Técnico Judiciário.

Se você deseja solicitar a isenção saiba que é necessário comprovar que está inscrito no Cadastro Único para Programas Sociais do Governo Federal - CadÚnico, e ser membro de família de baixa renda. Os pedidos devem ser enviados entre os dias 12 a 16 de setembro de 2016.

Para classificar os inscritos neste Concurso está prevista a realização de Prova Objetiva, e em alguns casos Discursiva - Redação ou Estudo de Caso, ambas de caráter Habilitatório/ Classificatório. A aplicação destas avaliações deve ocorrer em 12 de fevereiro de 2017, na cidade de São Paulo - SP conforme opção de cargo indicado pelo candidato no formulário de inscrição.

Com validade de dois anos, este Concurso pode ser prorrogado por igual período a critério do Tribunal Regional Eleitoral de São Paulo.

segunda-feira, 29 de agosto de 2016

Concursos Agente Penitenciario de Pernanbuco 2016 Seres/PE - 200 Vagas!!!

A Secretaria Executiva de Ressocialização (Seres/PE) de Pernambuco, já definiu a banca do seu concurso público para o cargo de agente de segurança penitenciária.   



Adquira sua Apostila e saia na frente!


 A organizadora será o Centro Brasileiro de Pesquisa em Avaliação e Seleção e de Promoção de Eventos (Cebrasp), de acordo com publicação em diário oficial no último dia 13 de agosto. Com a escolha, a publicação do edital de abertura de inscrições deve ocorrer já nas próximas semanas, logo após a assinatura do contrato.  A oferta será de 200 vagas, conforme a autorização do secretário executivo de ressocialização.


O concurso vem sendo aguardado desde fevereiro de 2014, quando anunciado pelo então secretário executivo de ressocialização, coronel Romero Ribeiro. De acordo com informações do sindicato, um dos pontos que vinham atrasando a realização do certame era a necessidade de alguns ajustes no processo de seleção, em relação a exames físicos e psicológicos.

Um ponto já confirmado é que  ocorrerá  alteração na escolaridade,em comparação ao  concurso de 2009.

Na ocasião, para concorrer era necessário possuir ensino médio, mas para o próximo deverá ser cobrado nível superior, além de carteira de habilitação a partir da categoria ”B”.
A remuneração inicial da categoria é de R$ 2.200, em regime de plantão, de 24 horas por trabalho  por 72 de repouso.

Último concurso

No concurso de 2009,  a organizadora foi o Instituto de Apoio à Universidade de Pernambuco (Iaupe). Ao todo foram oferecidas 500 vagas, sendo 400 para homens e 100 para mulheres. A prova objetiva foi composta de 50 questões, sobre língua portuguesa, conhecimentos em informática, raciocínio lógico e conhecimentos específicos, incluindo direitos constitucional, administrativo, penal, processual penal e direitos humanos.
O processo seletivo também contou com exames médicos, testes físicos,avaliação psicológica e investigação social. Os aprovados em todas as etapas foram submetidos a um curso de formação profissional.

segunda-feira, 22 de agosto de 2016

Concurso Soldado da PMMG CFSd QPPM / 2017 429 Vagas!!! Edital Publicado!



EDITAL DRH/CRS Nº 13/2016, DE 22 DE AGOSTO DE 2016.
CONCURSO Nº 01316


Adquira sua Apostila e saia na frente!



CONCURSO PÚBLICO PARA ADMISSÃO AO CURSO DE FORMAÇÃO DE SOLDADOS DA POLÍCIA MILITAR DE MINAS GERAIS (QPPM), PARA O ANO DE 2017 (CFSd QPPM/2017)

DAS CONDIÇÕES GERAIS DE INGRESSO
2.1 São requisitos legais para ingresso na PMMG, previsto no art. 5º da Lei 5.301, de 16/10/1969
a) ser brasileiro(a);
b) possuir nível superior de escolaridade;
c) estar quite com as obrigações eleitorais e militares;
d) ter entre 18 (dezoito) e 30 (trinta) anos de idade na data da inclusão, prevista
para o dia 03 de julho de 2017.
e) possuir idoneidade moral;
f) ter altura mínima de 1,60m (um metro e sessenta centímetros);
g) ter sanidade física e mental;
h) ter aptidão física;
i) ser aprovado em avaliação psicológica;
j) não apresentar, quando em uso dos diversos uniformes, tatuagem visível que seja, por seu significado, incompatível com o exercício das atividades policial militar;
k) não ter sido demitido da PMMG, de outra instituição militar estadual ou das Forças Armadas; não ter dado baixa no conceito "C" nos termos do Código de Ética e Disciplina dos Militares do Estado de Minas Gerais; não ter sido exonerado ou demitido da PMMG ou do Corpo de Bombeiros Militares de Minas Gerais com base no art. 146, incisos II, III, IV ou V, letra "a" e "caput" do art. 147, da Lei 5.301, de 16 de outubro de 1969.


Período de Inscrição:  21/10/2016 a  19/11/2016

Data da Prova  08/01/2017  Domingo

Início do curso 03/07/2017 

quarta-feira, 3 de agosto de 2016

Concurso PM-CE 2016 - Polícia Militar do Ceará 4000 Vagas!

O Concurso da PM-CE 2016 teve seu edital publicado no último dia 12 de julho de 2016 e tem como objetivo, o preenchimento de 4.200 vagas para o cargo de Soldado. A banca organizadora escolhida para coordenar o certame é a AOCP Concursos Públicos.


Adquira sua Apostila e saia na frente!

Do total de vagas 3.990 serão para candidatos do sexo masculino e 210 para o sexo feminino.
Os candidatos que se interessam pelo cargo precisam ter nível médio completo e idade entre 18 e 30 anos. Para os homens conter altura mínima de 1,62m e para as mulheres 1,57m, a remuneração corresponde ao valor de R$ 3.200,00, incluindo benefícios como auxílio-alimentação.

As inscrições para o concurso PM-CE 2016 podem ser feitas entre os dias 22 de Julho e 22 de Agosto de 2016, mediante ao pagamento da taxa de inscrição, no valor de R$ 100,00. Para fazer sua inscrição, basta acessar o site da banca organizadora.

A prova objetiva do Concurso Polícia Militar do Estado do Ceará está prevista para o dia 25 de setembro de 2016, será aplicada na cidade de Fortaleza/CE e contará com 120 questões de múltipla escolha.

segunda-feira, 1 de agosto de 2016

Concurso Polícia Civil do Estado de Goiás (PC-GO) 500 Vagas!!!


Polícia Civil do Estado de Goiás (PC-GO), que teve seu concurso público anunciado no final de 
2015, publicou edital de abertura para concurso público.


Adquira sua Apostila e saia na frente!
São 500 vagas sendo 280 para o cargo de Agente e 220 para Escrivão. A banca responsável por organizar o certame será o Centro Brasileiro de Pesquisa em Avaliação e Seleção e de Promoção de Eventos, Cebraspe, mais conhecido como Cespe/UNB.

Aos interessados em participar deste certame acessem o site da banca organizadora, Cebraspe, no período de 11 de agosto de 2016 a 31 de agosto de 2016. A taxa é de R$ 110,00.

Para concorrer ao cargo de Agente e Escrivão o candidato precisa ter diploma de nível superior completo, em qualquer área de formação. Fique atento para o cargo de Agente é exigido ainda Carteira Nacional de Habilitação, no mínimo, categoria "B".  O salário inicial é de R$ 1.500,00 com uma jornada de trabalho de 40 horas semanais.

As provas objetivas e discursivas estão previstas para serem aplicadas no dia 16 de outubro de 2016. Haverá ainda avaliação médica, aplicação de aptidões física e psicológica, entrega de documentação para avaliação da vida pregressa para todos os candidatos e prova prática apenas para o cargo de Escrivão.

As provas objetivas serão compostas pelas disciplinas de Língua Portuguesa, Noções de Informática, Legislação Penal Extravagante, Legislação Específica, Noções de Direito Constitucional, Noções de Direito Administrativo, Noções de Direito Penal e Noções de Direito Processual Penal.


Concurso Polícia Civil do Estado de Goiás (PC-GO) 500 Vagas!!!


Polícia Civil do Estado de Goiás (PC-GO), que teve seu concurso público anunciado no final de 
2015, publicou edital de abertura para concurso público.

São 500 vagas sendo 280 para o cargo de Agente e 220 para Escrivão. A banca responsável por organizar o certame será o Centro Brasileiro de Pesquisa em Avaliação e Seleção e de Promoção de Eventos, Cebraspe, mais conhecido como Cespe/UNB.

Aos interessados em participar deste certame acessem o site da banca organizadora, Cebraspe, no período de 11 de agosto de 2016 a 31 de agosto de 2016. A taxa é de R$ 110,00.

Para concorrer ao cargo de Agente e Escrivão o candidato precisa ter diploma de nível superior completo, em qualquer área de formação. Fique atento para o cargo de Agente é exigido ainda Carteira Nacional de Habilitação, no mínimo, categoria "B".  O salário inicial é de R$ 1.500,00 com uma jornada de trabalho de 40 horas semanais.

As provas objetivas e discursivas estão previstas para serem aplicadas no dia 16 de outubro de 2016. Haverá ainda avaliação médica, aplicação de aptidões física e psicológica, entrega de documentação para avaliação da vida pregressa para todos os candidatos e prova prática apenas para o cargo de Escrivão.

As provas objetivas serão compostas pelas disciplinas de Língua Portuguesa, Noções de Informática, Legislação Penal Extravagante, Legislação Específica, Noções de Direito Constitucional, Noções de Direito Administrativo, Noções de Direito Penal e Noções de Direito Processual Penal.


Resolução de Cursos na PMMG para 2017

                                         RESOLUÇÃO Nº 4486, DE 29 JULHO DE 2016

Dispõe sobre a autorização e calendário dos cursos que serão realizados na Polícia Militar no ano de 2017, por meio de processo seletivo interno e convocação, nos termos do EMEMG e dá outras providências.

O CORONEL PM RESPONDENDO PELO COMANDO-GERAL DA POLÍCIA MILITAR DE MINAS GERAIS, no uso das atribuições que lhe são conferidas pelo Art. 6º, inciso VI, do Regulamento aprovado pelo Decreto nº 18.445, de 15 de abril de 1977 – R100 e, considerando:
I - as Diretrizes de Educação da Polícia Militar (DEPM), aprovadas pela Resolução 4210, de 23Abr12;
II - a necessidade de formar, aperfeiçoar e especializar os recursos humanos da Instituição,

RESOLVE:
Art. 1º - Estabelecer o funcionamento e a distribuição de vagas para os cursos e exames que serão realizados na Instituição no ano de 2017, conforme ANEXO ÚNICO desta Resolução, a saber:
I – Curso de Especialização em Gestão da Segurança Pública (CEGESP);
II – Curso de Especialização em Segurança Pública (CESP);
III – Curso Superior de Tecnologia em Gestão da Segurança Pública (CSTGSP/CHO);
IV – Curso de Aperfeiçoamento em Segurança Pública (CASP);
V – Curso Superior de Tecnologia em Segurança Pública (CSTSP/CFS);
VI – Curso Especial de Formação de Sargentos (CEFS).

 Art. 2º - A participação no CEGESP e CESP ocorrerá mediante aprovação em processo seletivo interno, observando-se as seguintes regras:
I – Poderão concorrer ao CEGESP os Majores e Tenentes-Coronéis do QOPM não possuidores do curso, independente de interstício no posto;
II – Poderão concorrer ao CESP os Capitães do QOPM não possuidores do curso, independente de interstício no posto.
§1º O processo seletivo interno realizar-se-á observando-se os seguintes critérios para
distribuição de vagas:
I – 1/3 das vagas destinadas aos candidatos mais antigos concorrentes, desde que atinjam, no mínimo, 60% de aproveitamento no certame.
II – 2/3 das vagas destinadas aos demais concorrentes, por ordem de classificação, da
maior para a menor nota, obedecendo, caso necessário, os critérios regulamentares para
desempate.

 Art. 3º O Curso de Habilitação a Oficiais (CHO), reconhecido como Curso Superior de
Tecnologia em Gestão da Segurança Pública (CSTGSP), será realizado mediante
processo seletivo interno aberto, aos Subtenentes, 1º e 2º Sargentos, desde que possuam,
no mínimo, 15 (quinze) anos e, no máximo, 24 (vinte e quatro) anos de efetivo serviço
na Instituição Militar Estadual (IME), completados até a data da matrícula no curso.
 Art. 4º O Curso de Aperfeiçoamento em Segurança Pública (CASP) será realizado em
duas turmas no ano de 2017, conforme programação do ANEXO ÚNICO e ocorrerá
mediante inscrição dos militares que atendam as condições previstas no respectivo
Edital.

 Art. 5º O Curso de Formação de Sargentos (CFS) reconhecido como Curso Superior de
Tecnologia em Segurança Pública (CSTSP) ocorrerá mediante processo seletivo
interno, aberto aos Soldados de 1ª Classe e Cabos do QPPM e QPE (todas as categorias)
independente de interstício na graduação e de acordo com as vagas estabelecidas no
 § 1º As vagas para o CSTSP/CFS serão distribuídas por quadro (QPPM e QPE),
observando-se os critérios de necessidade institucional, proporcionalidade e justiça, e as
turmas serão únicas e desenvolvidas em curso generalista que os habilite ao exercício
das atividades inerentes à graduação de sargentos.
§2º A Prática Curricular Supervisionada do CSTSP/CFS, no entanto, deverá considerar
as respectivas especialidades, visando à criação de oportunidade para a aplicação dos
conhecimentos adquiridos nas rotinas do trabalho a ser prestado.
§3º Para as vagas do QPE, no caso de inexistência de candidatos aprovados em
quaisquer das especialidades, serão aproveitados os candidatos excedentes das demais
especialidades, por ordem de classificação, até que se complete o número de alunos
previstos para o curso, nos termos do edital do certame.
§4º O processo seletivo para o QPPM e QPE será único e generalista.

 Art. 6º Conforme previsão do art. 207, § 1º, c/c art. 2014, § 3º, da Lei 5301/69 (Estatuto
dos Militares de Minas Gerais), o curso de formação específico, para atender à
promoção por tempo de serviço dos Cabos será o Curso Especial de Formação de
Sargentos (CEFS).
§1º O CEFS será realizado em turma única no ano de 2017, conforme programação do
ANEXO ÚNICO desta Resolução e ocorrerá mediante inscrição dos militares que
atendam as condições previstas no respectivo Edital.
§2º As Regiões de Polícia Militar (RPM), mediante prévia análise e parecer da APM ao
EMPM, e que reunirem quinze ou mais inscritos, serão as responsáveis pela execução
do curso, sob vinculação técnica à APM.

Art. 7º Os requisitos para inscrição, seleção e matrícula nos cursos previstos nessa
Resolução serão os constantes nas DEPM e nos respectivos editais.

 Art. 8º A distribuição de vagas, constante no ANEXO ÚNICO, tem como parâmetro a
Lei nº 21.976, de 24Fev16.
 
Art. 9º A Diretoria de Recursos Humanos fará publicar edital específico para cada
processo seletivo/convocação.

 Art. 10. Os cursos de ingresso na PMMG serão tratados em Resolução própria.
 
Art. 11. Esta Resolução entra em vigor na data de sua publicação.
QCG em Belo Horizonte, 29 de julho de 2016.

(a) ANDRÉ AGOSTINHO LEÃO DE OLIVEIRA, CORONEL PM
RESPONDENDO PELO COMANDANDO-GERAL