Pesquisar este blog

Área Militar

Curta a Fan Page: Martins Concursos

Siga no Twitter

WhatsApp

http://whats.link/apostias

quinta-feira, 25 de abril de 2019

Concurso Público Aluno-Oficial é divulgado pela PM - SP CFO PMSP 190 vagas


A Polícia Militar do Estado deSão Paulo (PM -SP) torna pública a abertura das inscrições para a realização de concurso público a fim de contratar 190 profissionais para o cargo de Aluno-Oficial PM.

Os aprovados vão fazer jus à remuneração básica inicial para o cargo de Aluno-Oficial PM é de R$ 3.116,76, sendo que as parcelas que a compõem são: padrão no valor de R$ 1.202,12, Regime Especial de Trabalho Policial (RETP), no valor de R$ 1.202,12 insalubridade, no valor de R$ 712,52.

São requisitos para a inscriçãono concurso público: ser brasileiro; ter idade mínima de 17 anos e máxima de 30 anos de idade, exceto para o candidato pertencente aos quadros da Polícia Militar do Estado de São Paulo; ter estatura mínima, descalço e descoberto, de: 155 cm se mulher; 160 cm, se homem. 

O candidato ao ingresso poderá apresentar tatuagem, exceto quando: divulgar símbolo ou inscrição ofendendo valores e deveres éticos inerentes aos integrantes da Polícia Militar; fizer alusão a: ideologia terrorista ou extremista contrária às instituições democráticas ou que pregue a violência ou a criminalidade; discriminação ou preconceito de raça, credo, sexo ou origem; ideia ou ato libidinoso; ideia ou ato ofensivo aos direitos humanos.

As inscrições com custo de R$ 130,00 deverão ser realizadas somente no site www.vunesp.com.br, no período das 10h00 de 22 de abril de 2019 às 23h59 de 06 de junho de 2019.

Este Concurso é composto de Prova Objetiva, Prova Dissertativa, Exames de Aptidão Física, Exames de Saúde, Exames Psicológicos, Avaliação da Conduta Social, da Reputação e da Idoneidade, Análise de Documentos.

Os Exames de Conhecimentos (Partes I e II) serão realizadas provavelmente no dia 30 de junho de 201, em um dos seguintes Municípios: Araçatuba; Bauru; Campinas; Piracicaba; Presidente Prudente; Ribeirão Preto; Santos; São José do Rio Preto; São José dos Campos; São Paulo; Sorocaba.

A Prova Objetiva (Parte I), com duração de quatro horas, constará de 80 questões de múltipla escolha com cinco alternativas cada uma. Questões de História; Filosofia; Sociologia; Geografia; Língua Portuguesa e interpretação de texto; Língua Inglesa ou Espanhola; Matemática; Física; Química; Biologia; Noções de Administração Pública; Noções Básicas de Informática.

O estágio probatório tem início com o exercício do cargo, que é concomitante com a posse e se dá na condição de Aluno-Oficial PM, durante a graduação em curso específico e o consequente estágio administrativo-operacional, na condição de Aspirante-a-Oficial PM.

O Bacharelado funcionará na Academia de Polícia Militar do Barro Branco (APMBB), nos termos da Diretriz Geral de Ensino (D-5-PM) e do Regimento Interno da Academia de Polícia Militar do Barro Branco (RIAPMBB).

Este concurso público terá validade de três meses, a contar da data de sua homologação e poderá, a critério da Administração, ser prorrogado por igual período.
Para obter mais informações acesse em nosso site o edital completo.


Concurso Receita Federal 2019


Concurso Receita Federal 2019

Edital do Concurso Receita Federal para centenas de vagas continua sem definição. Órgão precisa preencher pelo menos 2,1 mil vagas nos próximos anos.

A Receita Federal do Brasil (RFB) já solicitou um novo concurso público, a pedido do TCU (Tribunal de Contas da União), para as vagas de Auditor Fiscal e Analista Tributário. Se o pedido fosse atendido da forma como projetado pelo órgão, o Concurso Receita Federal se destinaria a preencher pelo menos 2,1 mil vagas a partir de 2019, 700 delas somente para Auditor Fiscal, um dos cargos de maior carência.
 Adquira sua Apostila e saia na frente!



Em 2017 a RFB pretendeu realizar concurso, mas para ocupar cerca de 400 vagas na área administrativa (Assistente Técnico-Administrativo), em atribuições que demandariam pessoal de ensino médio. Entretanto, a preocupação maior é preencher as vagas que exigem curso superior e essa urgência tem justificativa: há um déficit de servidores que já atinge um número superior a 20 mil.

Além disso, há a proximidade de aposentadorias dos servidores, o que pode comprometer o atendimento à população na prestação de serviços tributários e aduaneiros da Receita Federal.
Segundo o órgão, o aumento no quadro de servidores garante elevada arrecadação federal, evitando sobrecarregá-los em cargos administrativos (com valores inferiores), e garantindo bom atendimento público.

Concurso Receita Federal
Para quem deseja estabilidade e uma boa remuneração, é bom já iniciar os estudos, pois o edital do concurso da Receita Federal pode sair a qualquer momento, independente do total de vagas que seja confirmado. Trata-se de um certame para o qual muita gente se prepara com anos de antecedência e isso, por si só, já envidencia o seu alto nível.

O cargo de Auditor Fiscal requer o nível superior e possui uma remuneração em torno de R$ 20,1 mil mensais e o de Analista, pode chegar a iniciais R$ 11, 6 mil, em valores relativamente atualizados para 2018. Além desses valores, os efetivados contam com auxílio-alimentação no valor de R$ 458 e demais benefícios da carreira, como o plano de saúde.

Candidatos que queiram concorrer ao cargo de Assistente Técnico-Administrativo precisam ter completado o ensino médio. A remuneração inicial corresponde a um valor acima de R$ 3,7 mil mensais, contando com o auxílio-alimentação. As oportunidades serão distribuídas entre diversos estados, inclusive São Paulo, por não ter sido contemplado na última seleção.

O último concurso Receita Federal foi realizado em 2014 com oferta de 278 vagas. Também houve um concurso maior em 2012, no qual foram abertas 750 vagas para todo o país. Como é muito certo que os reprovados do passado continuam estudando no presente, aqueles que estão interessados no próximo certame e que ainda vão começar a estudar já entrarão na disputa com certa desvantagem... O momento é de se antecipar!


Autorizado Concurso IBGE para o Censo Experimental 2019 1800 Vagas


Autorizado Concurso IBGE para o Censo Experimental 2019

Foi publicado nesta segunda-feira, 25 de março de 2019, a autorização para o Concurso do Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE) de temporários visando o provimento de até 209 vagas para profissionais por tempo determinado. Os profissionais de que trata o caput poderão ser contratados a partir de julho de 2019 para atuar no Censo Experimental 2019. O prazo para publicação do edital de abertura de inscrições para o processo seletivo simplificado será de até 6 meses.
 Conheça nossas Apostilas



Solicitadas 1.800 vagas para novo Concurso IBGE
O Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística pretende realizar um novo Concurso IBGE em breve para efetivos. Foram solicitadas 1.800 vagas para o Ministério do Planejamento, sendo 1.200 para o cargo de técnico de nível médio com remunerações de R$ 3 mil e as demais 600 vagas são para cargos de analista, de nível superior.

A solicitação foi protocolada na data de 15/12/2017 no MPOG.

IBGE deverá contratar 250 mil para Censo Demográfico de 2020
Segundo informações passadas ao Jornal Folha Dirigida, o IBGE tem expectativa de divulgar um novo edital de seleção em 2019 para realização do Censo Demográfico no ano seguinte, em 2020. Os procedimentos internos administrativos já estão adiantados.


De acordo com o órgão, serão contratados em torno de 250 mil servidores temporários para realização do Censo Demográfico de 2020. O certame será divulgado em editais, sendo que o primeiro está previsto para ser publicado ainda este ano.



Segundo o Instituto, ainda não houve uma resposta (nem negativa e nem positiva) formal do Governo Federal desde o ano passado. Segundo o cronograma divulgado pelo Instituto, um Censo Experimental está previsto para acontecer entre os meses de setembro e novembro. De acordo com o órgão, nesta etapa os temporários já precisam estar contratados.


Concurso Tribunal de Justiça do Estado do Ceará - 2019 TJCE

Concurso Tribunal de Justiça do Estado do Ceará - 2019 TJCE

Os preparativos do Concurso Público para provimento do cargo Técnico Judiciário do Tribunal de Justiça do Ceará estão seguindo o planejamento. O presidente do TJCE, o desembargador Washington Araújo, se reuniu com a Comissão Organizadora do Concurso.

Adquira sua Apostila e saia na frente!

Segundo o tribunal, os próximos passos serão a colheita de propostas e a escolha da empresa especializada que ficará responsável por aplicar as provas do concurso.

Último concurso
O último ocorreu em 2014 e teve o Cespe como banca organizadora. Foram ofertadas 238 vagas no total, divididas entre os cargos de Analista (118 vagas) e Técnico (120 vagas). Foram publicadas 458 nomeações desde então e desse total, 321 aprovados tomaram posse.

segunda-feira, 15 de abril de 2019

Concurso Polícia Federal Nível Médio 2019 Agente Administrativo

Concurso Polícia Federal Nível Médio 2019: 


É grande a expectativa por um novo edital de concurso da Polícia Federal (Concurso Polícia Federal) para o cargo de Agente Administrativo, requisito de nível médio. A função tem um alto número de cargos vagos, o que compromete o funcionamento de modo regular na PF. O último concurso foi realizado em 2013 e tem validade até este ano.


O presidente da Federação Nacional dos Policiais Federais (PENAPEF), Luis Antônio de Araújo Boudens, informou recentemente que a Polícia Federal tem um déficit de 13.300 servidores. Desse quantitativo, 5.300 são do cargo de Agente Administrativo. O cargo tem exigência de Certificado, devidamente registrado, de conclusão de curso de ensino médio (antigo segundo grau), expedido por instituição de ensino reconhecida pelo MEC. O salário inicial do cargo chega a R$ 4.270,77.

Nos últimos anos, quatro mil policiais deixaram o departamento em virtude de aposentadoria ou outros motivos, sem que esse quantitativo tenha sido reposto. E com o encolhimento do quadro, vem a sobrecarga. “Temos colegas trabalhando 12 por 12 horas nas fronteiras, porque não tem efetivo”, relatou. Para os sindicalistas, os reflexos de um efetivo maior poderiam ser sentidos até mesmo na Operação Lava-Jato, cujos especialistas não conseguem estimar um fim, tamanho o alcance dos esquemas criminosos. “Já teria solução, com a condenação ou não dos envolvidos. O processo é lento porque tem 30, 40 pessoas trabalhando em uma operação de uma grandeza, de uma magnitude dessas.


Déficit é alto
Segundo informou o Tribunal de Contas da União (TCU), a PF está com efetivo insuficiente para combater os ilícitos praticados nas regiões de fronteira. Na opinião de Jones Leal, da Federação Nacional dos Policiais Federais (Fenapef), o departamento deveria quadruplicar o quantitativo de policiais nessa faixa do território, que hoje não chega a 500. “No mínimo, na pior das hipóteses, necessita de 2 mil policiais”, frisou.

Ainda de acordo com Jones, o problema é grave. “Nosso problema nas fronteiras é gravíssimo. Temos faixa de fronteira de 100 quilômetros sem nenhum policial. Fronteira seca por onde entra e sai todo tipo de ilícito”, alertou. “Nós não fabricamos AR-15, não fabricamos M16, não fabricamos AK-47, não fabricamos nenhum tipo de armamento pesado, e eles estão todo dia sendo apreendidos pelas polícias do nosso país”, lamentou.

O Concurso Polícia Federal 2018 – Nível Médio

O cargo de Agente Administrativo realiza atividades de nível médio, de grande complexidade, envolvendo a apresentação de solução para situações novas, a necessidade de constantes contatos com autoridades de média hierarquia, com técnicos de nível superior e/ou contatos eventuais com autoridades de alta hierarquia e abrangendo planejamento em grau auxiliar e pesquisas preliminares realizadas sob supervisão indireta, predominantemente técnica, visando à implementação das leis, regulamentos e normas referentes à administração geral e específica; supervisão dos trabalhos que envolvam a aplicação das técnicas de pessoal, orçamento, organização, métodos e materiais executados por equipes auxiliares, chefia de secretarias de unidades da mais alta linha divisional da organização.


TJ-MG anuncia Concurso Público para Outorga de Delegações de Notas e Registros

TJ - MG anuncia Concurso Público para Outorga de Delegações de Notas e de Registro


O Tribunal de Justiça do Estado de Minas Gerais (TJ - MG) anuncia a abertura de inscrições no Concurso Público, de Provas e Títulos, para a Outorga de Delegações de Notas e de Registro.

Serão preenchidas no total 696 vagas sendo 457 destinadas ao Provimento e 239 para Remoção, porém vale ressaltar que deste quantitativo há as oportunidades reservadas aos candidatos que se enquadrem nos itens do edital especificado no edital.

Candidatos que queiram pleitear vagas de provimento devem atender alguns dos seguintes requisitos: ser bacharel em Direito ou ter completado dez anos de exercício de função, até a data da primeira publicação do Edital do Concurso, em serviço notarial ou de registro. Mas se você optar pelas vagas de remoção, saiba que é preciso dentre outros requisitos estar no exercício da titularidade de outra delegação, de notas ou de registro, no Estado por mais de dois anos.

As inscrições devem ser realizadas a partir das 9h do dia 08 de abril de 2019 até às 16h do dia 07 de maio de 2019, no site da empresa organizadora www.consulplan.net. Nesta etapa é preciso efetuar o pagamento da taxa no valor de R$ 250,00.

Este Concurso Público é composto de Prova Objetiva de Seleção, Escrita e Prática, Comprovação dos Requisitos para Outorga de Delegação, Prova Oral e Exame de Títulos. A previsão é que a primeira etapa ocorra nos dias 24 e 25 de agosto de 2019.

Para obter mais informações acesse em nosso site o edital completo, onde você encontra todas as cidades e comarcas que dispõem de oportunidade.
Jornalista: Karina Felício