Pesquisar este blog

Área Militar

Curta a Fan Page: Martins Concursos

Siga no Twitter

WhatsApp

http://whats.link/apostias

quarta-feira, 28 de agosto de 2019

Confirmado o pedido de Concurso Polícia Federal níveis médio e superior


A corporação confirma ter protocolado pedido de concurso para o cargo de agente administrativo, de nível médio e com R$4.710,76 mensais, bem como de outras funções da área administrativa, de nível superior.

Vanessa Gonçalves Leite Souza, a diretora de Gestão de Pessoal substituta confirmou o pedido de concurso PF que irá ofertar vagas para os cargos de níveis médio e superior, nas áreas policial e administrativa. Foi confirmado pela polícia federal que um dos protocolos de pedido de concurso que foi enviado ao Ministério da Economia pretende ofertar 60 vagas para o cargo de agente policial.

Os agentes policiais tem salário de R$12.441,26 e para concorrer a uma das vagas é necessário possuir nível superior de escolaridade e carteira de habilitação. Foi protocolado também o pedido de concurso público destinado ao cargo de agente administrativo, com salário de R$4.710,76 e ele exige apenas nível médio.

Foram solicitadas também vagas para a área administrativa, que exige nível superior, mas o quantitativo de vagas solicitadas ainda não foi divulgado. Segundo a diretora de Gestão de Pessoal substituta, as solicitações estão no Ministério da Economia.

O quantitativo de 600 vagas mencionado para o cargo de agente pode ser dividido entre os cargos de papiloscopista, perito, escrivão e delegado, pois a PF se refere a todos os cargos da área policial como sendo, agentes de polícia.

O déficit de servidores segundo a ADPF é de 4.330, essa informação foi divulgada em fevereiro deste ano. O cargo que apresentou maior carência na época foi o de agente, esse é a função que tem a maior demanda na Polícia Federal.

De acordo com o sindicato da categoria, as vagas ofertadas no edital de 2018 não irão suprir o déficit nas carreiras e para piorar, mais servidores devem ter deixado a corporação desde fevereiro, o que agrava ainda mais a situação. 

De acordo com o Painel Estatístico de Pessoal do Ministério do Planejamento mais de 500 servidores se desligaram da corporação só por aposentadorias, sendo 206 somente em 2019, para piorar, o prazo de validade do último concurso já expirou.



Nenhum comentário:

Postar um comentário